No Centenário, Caxias perde para o time misto do Grêmio por 3 a 0 - Esportes - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Gauchão 201903/02/2019 | 18h52Atualizada em 03/02/2019 | 19h09

No Centenário, Caxias perde para o time misto do Grêmio por 3 a 0

Time grená encarou o rival de igual para igual até sofrer o primeiro gol

No Centenário, Caxias perde para o time misto do Grêmio por 3 a 0 Felipe Nyland/Agencia RBS
Foto: Felipe Nyland / Agencia RBS

É de praxe. Se tem jogo do Caxias, chove no Estádio Centenário. E não foi diferente neste domingo (3). Diante do Grêmio, pela quinta rodada do Estadual, o grená perdeu por 3 a 0. Em uma partida típica de Gauchão, não faltaram boas jogadas, marcação forte e times ofensivos, numa tarde em que chuva forte, sol e baixa temperatura marcaram o confronto. 

No campo, apesar de o Caxias encarar o rival de igual para igual, só deu Pepê. O camisa 7 gremista, na segunda etapa, marcou duas vezes e Felipe Vizeu fechou o placar na partida que manteve o Grêmio na liderança e marcou a segunda derrota do Caxias na temporada. Aliás, foi a primeira vez que o grená perdeu duas vezes seguidas no Gauchão, desde que voltou à elite, em 2017.   

Primeiro tempo bom, sem gols
O primeiro tempo teve de tudo. Muita chuva, sol, troca de posse de bola, velocidade pelos lados, marcação alta, faltas fortes. Menos gol. Aliás, apesar da boa movimentação na partida, os goleiros terminaram a primeira etapa sem trabalhar. 

O Grêmio começou com a posse de bola, mas logo no primeiro minuto o grená chegou forte. Na marcação alta, Bruno Alves roubou a bola pela direita e, em velocidade, chutou cruzado. O gol não saiu porque Junior Juazeiro chegou atrasado. 

A melhor chance, no entanto, foi do Grêmio. Aos oito minutos, Vico arriscou de fora um chute colocado, mas a bola subiu demais. 

A chuva apertava no Centenário, mas o ritmo do jogo seguia intenso. Apesar disso, poucas oportunidades eram criadas. Faltava o último passe. Quando os refletores se acenderam, aos 30 minutos, o sol apareceu pela primeira vez. Ainda assim, fim de primeiro tempo sem que os goleiros fizessem defesas. 

Só deu Pepê na segunda etapa
Os primeiros lances da segunda etapa foram completamente diferentes do que se viu na etapa inicial. E m favor da equipe grená. Aos três minutos, Rafael Gava cobrou escanteio na cabeça de Eliomar. O camisa 10 subiu livre na pequena área, mas Júlio César fez grande defesa. No lance seguinte, aos quatro, Muriel pegou rebote de outro escanteio e mandou de muito longe. O chute passou rente ao travessão tricolor. 

A resposta do Grêmio foi fatal. No primeiro ataque desde a volta do intervalo, aos oito, Pepê abriu o placar. Matheus Henrique fez boa jogada pela esquerda, invadiu a área e cruzou rasteiro. O rebote de ofereceu limpo para Jean Pyerre. Este só rolou para Pepê chutar colocado e fazer 1 a 0. 

O segundo gol gremista veio quando o Caxias tentava se impor novamente. Aos 15, André roubou a bola no ataque e deixou para Pepê. O velocista, livre na área, chutou forte para ampliar. 

O Caxias buscava a recuperação. Aos 19 minutos, Diego Miranda, que estreava na competição em 2019, mandou uma bomba de fora da área, mas Júlio César espalmou para a linha de fundo. 

Aos 34, quase a goleada. Thaciano fez jogada pelo meio e outra vez a bola sobrou para Pepê. Desta vez, no entanto, o camisa 7 chutou forte, mas acertou o travessão do goleiro Lee.

Ainda deu tempo para Felipe Vizeu, aos 42 minutos, fazer o 3 a 0, quando o Caxias já não esboçava mais reação.  

Ficha Técnica:
Gols:
Pepê (G), aos 8min e aos 15min, Felipe Vizeu (G), aos 42min, no segundo tempo.
Árbitro
: Jean Pierre Lima, auxiliado por Elio Nepomuceno Junior e Gustavo Marin Schier.
Cartões Amarelos: Samuel Balbino, Foguinho, Jean (C).
Local: Estádio Centenário.

Caxias: Lee; Muriel, Júnior Alves, Jean e Samuel Balbino; Gercimar, Foguinho, Eliomar (Diego Miranda, 11/2º) e Rafael Gava (Leo Jaime, 26/2º); Bruno Alves e Junior Juazeiro (Ruan, 11/2º). Técnico: Pingo.

Grêmio: Julio César; Leonardo Gomes, Paulo Miranda, Kannemann e Juninho Capixaba; Matheus Henrique e Rômulo; Vico (Everton, 16/2º), Jean Pyerre (Thaciano, 33/2º) e Pepê; André (Felipe Vizeu, 30/2º). Técnico: Renato Portaluppi.

Leia Também:
Comunidade no interior de Galópolis recebe a Festa de Abertura da Colheita 2019
Agricultores recebem bênçãos na 119ª Romaria Votiva em Caravaggio

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros