Juliano comemora primeira vez como titular do Caxias - Esportes - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Gauchão 201911/02/2019 | 17h03Atualizada em 11/02/2019 | 17h03

Juliano comemora primeira vez como titular do Caxias

Após lesão da pré-temporada, volante buscar sequência e titularidade

Juliano comemora primeira vez como titular do Caxias Antonio Valiente/Agencia RBS
Volante Juliano concorre à vaga de titular com Foguinho Foto: Antonio Valiente / Agencia RBS

O volante Juliano fez o primeiro jogo como titular pelo Caxias na vitória por 1 a 0 contra o Veranópolis, no último sábado. O jogador foi escolhido pelo técnico Pingo para substituir Foguinho, que cumpriu suspensão.  

— São características diferentes. Eu sou um jogador que gosta de construir as jogadas com tabela, mas ele (Pingo) pediu pra fazer o que a equipe vinha executando. O entrosamento com os demais jogadores vai afinando no dia a dia e nos jogos — disse o atleta grená.

Na temporada passada, Juliano esteve no CRB-AL, mas não conseguiu sequência na equipe durante a Série B, e atuou em poucas partidas. No Caxias, no primeiro jogo-treino da pré-temporada, contra o Sindicato dos Atletas, em dezembro, ele teve uma lesão na panturrilha. Essa situação o tirou dos treinos e amistosos e só retornou aos trabalhos com o grupo faltando uma semana para o início do campeonato.

Agora, Juliano quer ter sequência na equipe. Durante o Gauchão, ele entrou no segundo tempo das partidas contra Brasil-Pel, São Luiz e Avenida. Nos duelos contra o Novo Hamburgo e Grêmio não foi utilizado pelo técnico Pingo. Porém, começou como titular diante do VEC e está contente com o fato de jogar uma partida inteira. 

— Fiquei feliz pela atuação da equipe e individualmente também, pois fazia um tempo que não atuava os 90 minutos. Tive um problema na pré-temporada que atrasou minha estreia, mas estou feliz com a atuação —  afirmou o volante.

No próximo domingo, o Caxias enfrenta o Inter pela sétima rodada do Gauchão. Será um reencontro para o jogador. Juliano começou a carreira nas categorias de base do clube colorado.  

— Tem muitos profissionais lá que eu trabalhei na época. Sempre tem um gosto especial, pois passei dez anos no Inter. Seria muito bom se eu jogasse. A gente sabe que é um jogo difícil, que precisa de erro zero — completou o volante, que concorre à vaga de titular com Foguinho, que volta a ficar à disposição.

Leia Mais:
Motorista de caminhão atingido por helicóptero em que estava Ricardo Boechat é de Caxias
Cerca de 30 mil ingressos antecipados já foram vendidos para a Festa da Uva



 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros