Caxias vence o Pelotas e se consolida no G-4 do Gauchão - Esportes - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Convincente24/02/2019 | 18h55Atualizada em 24/02/2019 | 20h24

Caxias vence o Pelotas e se consolida no G-4 do Gauchão

Equipe grená fez 2 a 0 no último jogo antes do clássico Ca-Ju

Caxias vence o Pelotas e se consolida no G-4 do Gauchão Porthus Junior/Agencia RBS
Foto: Porthus Junior / Agencia RBS

O Caxias chega forte para o clássico Ca-Ju. Em um confronto direto da zona de classificação do Gauchão, neste domingo (24), a equipe grená fez 2 a 0 no Pelotas, em uma vitória convincente no Estádio Centenário. Os gols de Rafael Gava e de Léo Jaime colocaram o time do técnico Pingo no G-4 do Estadual. Agora serão 12 dias de preparação da equipe grená até o enfrentamento contra o Juventude, no dia 10 de março, no Estádio Alfredo Jaconi.

O Caxias foi dono da maior parte das ações ofensivas no primeiro tempo. A primeira oportunidade grená aconteceu em um lance inacreditável. Aos 18 minutos, Júnior Juazeiro recuperou a bola pela direita de ataque, rolou para Rafael Gava que fez cruzamento perfeito. O atacante Ruan, livre e na pequena área, chutou por cima do gol. 

Aos 22, Diego Miranda fez cruzamento pela direita, após troca de passes com Foguinho. Novamente Ruan apareceu, desta vez, com cabeceio à esquerda do gol de Airton. No minuto seguinte, foi o próprio Diego Miranda quem apareceu para mandar de cabeça, com força, no canto. O goleiro do Pelotas se esticou à sua esquerda para salvar o gol do Caxias.

A única chegada do Lobo no primeiro tempo aconteceu aos 25. Germano se aproximou pela esquerda e cruzou. Jarro desviou, mas o goleiro Lee fez defesa com tranquilidade.

A superioridade grená surtiu efeito aos 35. Diego Miranda recebeu passe dentro da área, de costas para a marcação de Reinaldo Silva. O volante áureo-cerúleo perdeu a passada e atropelou o meia do Caxias. Pênalti marcado — o auxiliar Max Vioni foi decisivo ao assinalar a infração ante a incerteza do árbitro da partida. Na cobrança, aos 37, Rafael Gava bateu com força. Airton acertou o lado, à sua direita, mas a bola rasteira morreu no fundo da rede: 1 a 0 Caxias.

Antes do fim da etapa inicial, aos 46, quase o time de Pingo ampliou, com Júnior Juazeiro se esticando mas não alcançando após chute cruzado de Samuel Balbino.

A volta da segunda etapa foi lenta. Os times até tentavam chegadas, mas pararam em erros. Entre falhas de finalizações, o Caxias chegou a marcar, aos 24, mas o gol de Juazeiro foi invalidado por impedimento do jogador grená.

No minuto seguinte, não teve anulação. Foguinho chegou pela direita e cruzou. Léo Jaime se jogou na bola, quase que dividindo com Airton. A sobra ficou novamente para o atacante grená, ainda no chão, tocou para o fundo do gol: 2 a 0 Caxias.

A pressão seguiu grená. Aos 31, Foguinho aparou rebote de cobrança de falta e mandou com perigo ao gol do Pelotas. A chegada forte do Pelotas veio aos 36. Maicol Fernandez arriscou de fora da área um chute com perigo, rasteiro. Lee espalmou para o lado a tentativa da equipe da Zona Sul.

Ainda deu tempo para Reinaldo Dutra receber cartão vermelho e para o grito de olé da torcida grená. A segunda vitória no Gauchão do Caxias contra os times de Pelotas - com cinco gols marcados. Agora, no Centenário, tudo é Ca-Ju.

Ficha Técnica:

Gauchão - 8ª rodada - 24/02/2019 - Estádio Centenário
Caxias 2x0 Pelotas
Gols: Rafael Gava (C), de pênalti, aos 37min do primeiro tempo. Léo Jaime, aos 25min, no segundo.
Árbitro: Anderson Farias, auxiliado por Max Vioni e Conrado Berger
Cartão vermelho: Reinaldo Dutra (P). Cartões amarelos: Ruan, Juliano, Júnior Juazeiro , Thiago Sales(C), Rômulo, Makelele, John Lennon (P)
Local: Estádio Centenário, em Caxias do Sul (RS)

Caxias: Lee, Muriel, Júnior Alves, Thiago Sales e Samuel Balbino; Juliano, Foguinho, Rafael Gava e Diego Miranda; Ruan (Léo Jaime, 18'/2°) e Júnior Juazeiro (Alex Willian, 47'/2°). Técnico:  Pingo

Pelotas: Airton, John Lennon, Dão, Felipe Chaves e Rômulo; Reinaldo Silva (Makelele, intervalo), Reinaldo Dutra; Germano, Léo Costa (Giovane Gomes, intervalo) e Jarro (Maicol Fernandez, 18'/2°); Léo Bahia. Técnico: Diego Gavilán

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros