Veranópolis vence o Juventude por 2 a 0 no Antônio David Farina - Esportes - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Gauchão12/01/2019 | 19h45Atualizada em 12/01/2019 | 19h45

Veranópolis vence o Juventude por 2 a 0 no Antônio David Farina

Jogo-treino foi o último teste das duas equipes antes do início do Estadual

Veranópolis vence o Juventude por 2 a 0 no Antônio David Farina Felipe Nyland/Agencia RBS
Foto: Felipe Nyland / Agencia RBS

O último teste do Juventude na pré-temporada para o Gauchão 2o19 foi desanimador e preocupante para a Papada. Jogando contra o time praticamente reserva do Veranópolis, no Estádio Antônio David Farina, a equipe alviverde foi facilmente derrotada pelos mandantes por 2 a 0, na tarde deste sábado (12). Além dos gols de Jadson e Túlio Renan - um em cada tempo -, o time do técnico Luiz Carlos Winck levou os meias Caíque Valdívia e Denner com lesões no joelho para Caxias. O Ju estreia no Gauchão contra o Pelotas, em Rio Grande, no próximo domingo(20). O VEC debuta no Estadual em casa no sábado (19), contra o Avenida.

O Juventude não se encontrou na primeira etapa. Logo aos quatro minutos, Marcelo Carné se esticou todo para mandar a bola a linha de fundo após chute de Juninho. No rebote do escanteio, novamente o meia do VEC arriscou perto do gol alviverde.

Antes mesmo que a equipe alviverde levasse algum perigo ao gol pentacolor, os donos da casa abriram o marcador. Aos 11, Juninho cobrou falta com precisão no meio da área e o zagueiro Jadson, com liberdade, cabeceou certeiro para o fundo do gol: 1 a 0 VEC.

A pressão dos mandantes continuou. Aos 15, Juninho - principal destaque dos 45 minutos iniciais - chutou cruzado e a bola quase enganou Marcelo Carné, que fez boa interceptação.

A única chance do Juventude foi aos 20. Dalberto recebeu no meio da área, limpou a marcação e mandou uma bomba. O goleiro Anderson fez grande defesa.

O Veranópolis seguiu melhor e Túlio Renan quase ampliou aos 27, após boa arrancada e chute cruzado à direita do goleiro alviverde.

A superioridade do VEC fez com que Winck mudasse a equipe ainda no primeiro tempo. Os volantes Sananduva e Mateus Santana foram substituídos por Caíque Valdívia e Gustavo Aprile, aos 37. A substituição nem teve tempo de surtir efeito, pois no último minuto antes do intervalo Caíque saiu com uma lesão no joelho.

O segundo tempo começou com o Juventude menos nervoso do que nos 45 minutos iniciais. Porém, um lance de azar do goleiro William, que entrou no intervalo. Túlio Renan chutou cruzado pela direita, a bola fraca não foi interceptada pelo jogador do Ju, que ainda deu um toque mas não evitou o gol: 2 a 0 VEC.

Aos 16, mais uma preocupação para o técnico Luiz Carlos Winck. Após dividida, o meia Denner caiu e foi obrigado a sair com fortes dores no joelho esquerdo.

A primeira chegada do Juventude no segundo tempo só foi acontecer aos 25. Rafael Jataí aproveitou um rebote e, de fora da área, mandou à esquerda de Anderson.

Aos 35, o Juventude teve boa chance com Valentini, que chutou e a bola quase enganou o goleiro do VEC. A partir daí, sobrou vontade, mas faltou capricho para as duas equipes e o placar ficou no 2 a 0 para o Veranópolis.

Leia também
Casarão abandonado é alvo de incêndio na Avenida Júlio de Castilhos, em Caxias

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros