Juventude definido para encarar o VEC com Dimitry na lateral esquerda - Esportes - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Gauchão11/01/2019 | 19h35Atualizada em 11/01/2019 | 19h35

Juventude definido para encarar o VEC com Dimitry na lateral esquerda

Jogador, que estava na Copa SP com o sub-20, retornou e será titular neste sábado (12)

Juventude definido para encarar o VEC com Dimitry na lateral esquerda Antonio Valiente/Agencia RBS
Foto: Antonio Valiente / Agencia RBS

Luiz Carlos Winck mudará o time do Juventude para encarar o Veranópolis, neste sábado (12), no Estádio Antônio David Farina, a partir das 18h. No ataque, Paulo Sérgio será titular, fazendo com que Caíque Valdívia perca a condição de titular. Mas a mudança que mais chama a atenção envolve um dos destaques alviverdes na Copa São Paulo de Futebol Júnior. O lateral-esquerdo Dimitry foi chamado de volta a Caxias e irá começar o último teste alviverde antes do Gauchão.

— O Dimitry, a princípio, iria ficar aqui. Mas como o Pavone estava 100%, liberei ele para ir a São Paulo. E ele vinha bem na Copinha. Nós temos que valorizar nossa base — disse o técnico Luiz Carlos Winck, revelando uma conversa que teve com o jogador no retorno do atleta à cidade:

— Eu falei "faça o que você faz no sub-20". Vai ter liberdade e que se sinta tranquilo. A responsabilidade é minha. E que ele tenha personalidade e não tenha medo de errar. Só isso.

A formação que começa contra o Veranópolis terá Mateus Santana de volta ao meio-campo, na vaga de Gabriel Valentini. O time terá Marcelo Carné; Vidal, Genilson, Victor Salinas e Dimitry; Rafael Jataí, Sananduva e Mateus Santana; Denner e Dalberto; Paulo Sérgio. 

É o último ensaio alviverde antes de encarar o Pelotas, no dia 20, em Rio Grande, na abertura do Estadual. Isso faz com que Winck tente mandar a campo o máximo possível daquilo que tem a disposição para o início do Gauchão. 

— Eu acho que desse time tem no mínimo 80% ou 70%. Pode mudar duas ou três peças, não mais do que isso. Senão vai ser complicado para nós. Já tem sido ruim no pouco tempo — disse o treinador.

Para o técnico, o time precisaria de pelo menos mais um teste antes da estreia. Como não será possível, o jogo-treino contra o VEC passa a ser a melhor oportunidade para que Winck observe os acertos e erros da equipe.

— Queríamos ter feito um jogo-treino em dezembro e no mínimo três amistosos em janeiro, mas estamos apenas fazendo dois. Estamos correndo contra o tempo e esperamos ter uma reação muito boa. Temos sempre que pensar de forma positiva, não dá para ter uma expectativa ruim. Temos que entender que esse grupo vai adquirir ritmo com os treinamentos e os jogos — conclui Winck.

Leia também
Copa do Brasil: Juventude enfrenta o Palmas no dia 6 de fevereiro
Batalhão rodoviário alerta para neblina em rodovias estaduais da Serra e no caminho para o litoral

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros