Intervalo: Juventude tem mais uma reunião em busca de reforços - Esportes - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Opinião12/12/2018 | 04h52Atualizada em 12/12/2018 | 04h52

Intervalo: Juventude tem mais uma reunião em busca de reforços

Nesta quarta, há uma reunião com a empresa LA Sports, enquanto Nicolas nega contato com o Ju

Intervalo: Juventude tem mais uma reunião em busca de reforços Fernando Ribeiro/Criciúma EC
Foto: Fernando Ribeiro / Criciúma EC

Nesta quarta, LA Sports e Juventude se reúnem mais uma vez para discutirem possíveis reforços que chegarão ao Estádio Alfredo Jaconi. A lista é grande e a intenção é terminar essa formação o quanto antes. Portanto, deverá ser um dia de novidades.

Um dos nomes que surge é do atacante Nicolas, que defendeu o Caxias com o técnico Luiz Carlos Winck, e estava no Criciúma. Entretanto, o próprio jogador destacou que não foi contatado e ainda aguarda propostas do mercado de Série B, onde está inserido. Mas, o futebol é dinâmico.

Segunda chance para João Paulo

No outro lado da cidade, o time está praticamente formado. No entanto, alguns torcedores ainda estão se perguntando se vale apostar em João Paulo. É notório que o jogador precisa baixar peso, mas a sua primeira passagem não foi tão convincente. 

Mesmo que tenha sido o artilheiro do time, a forma de jogo não fazia a bola chegar tão fácil na área. Assim é o atual futebol e, nos treinos, a equipe de Pingo mostra que o camisa 9 terá que ser participativo. Por outro lado, João Paulo conhece o caminho do título gaúcho. 

Situações opostas, mas no fim vale a pena dar uma segunda chance.

Ações que valem ouro

Ao final de 2018, vale destacar a série de ações promovidas pelo Conselho Jovem do Juventude. Foram diversas ações sociais que mobilizaram a comunidade Jaconera: da festa de Páscoa ao Projeto Geração Papinho; dos tours no Alfredo Jaconi até a ação de Dia das Crianças no Hospital Geral; da confraternização no Lar da Velhice São Francisco de Assis até o Natal Jaconero, que fechou o ano com cerca de mil crianças no Alfredo Jaconi no último final de semana.

Fica o registro e a valorização das iniciativas.

Cidade da bocha

Falta apenas uma assinatura para que Caxias do Sul seja oficialmente considerada a cidade da bocha. O projeto de Lei foi aprovado com unanimidade na Câmara de Vereadores e aguarda a rúbrica do prefeito Daniel Guerra para ser oficializado. Isso é apenas um reconhecimento do que é praticado muito ainda nos clubes espalhados pelo interior de Caxias do Sul e levado até o litoral, quando vira o principal esporte de Arroio do Sal e Areias Brancas. 

É sempre importante valorizar a modalidade e sua importância na formação da sociedade.

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros