ACBF joga por empate contra o Atlântico para ser campeã da Liga Gaúcha - Esportes - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Futsal16/12/2018 | 20h00Atualizada em 16/12/2018 | 20h00

ACBF joga por empate contra o Atlântico para ser campeã da Liga Gaúcha

Time de Carlos Barbosa decide estadual em casa, nesta segunda-feira, às 19h

ACBF joga por empate contra o Atlântico para ser campeã da Liga Gaúcha Ulisses Castro/ACBF,Divulgação
No jogo de ida, em Erechim, time da casa pressionou até os últimos segundos, mas a ACBF garantiu o 1 a 0 diante do Atlântico Foto: Ulisses Castro / ACBF,Divulgação

A ACBF está a um passo de ampliar sua hegemonia no futsal gaúcho. Embora não vença o Estadual desde 2015, o time laranja está a um empate de conquistar a Liga Gaúcha pela 12ª vez. Em Carlos Barbosa, na noite desta segunda-feira, às 19h, a equipe de Carlos Barbosa recebe o Atlântico pelo jogo da volta da competição.

Leia Mais:
ACBF segura pressão do Atlântico e larga na frente na decisão do Estadual
ACBF inicia disputa da final para recuperar hegemonia na Liga Gaúcha

Na partida de ida, uma atuação de luxo do goleiro Henrique e um gol de Darlan garantiram a vantagem laranja. Por ter melhor campanha, o time de Marquinhos Xavier pode até perder no tempo normal, desde que consiga um empate na prorrogação. Se vencer ou empatar no tempo normal, a ACBF garante o título estadual e uma vaga na Taça Brasil de Clubes do próximo ano. 

– A vantagem é importante, mas não tem nada ganho. Sair com uma vitória daquele jeito, com o Henrique sendo o melhor da partida, com grandes defesas, é sensacional. É muito difícil ganhar deles em Erechim, mas também é difícil nos ganharem aqui também. Confiamos na nossa equipe – comentou o pivô Darlan, autor do gol da vitória laranja na última sexta-feira, em Erechim. 

Para o jogador, a frustração pós-eliminação na Liga Nacional ainda é pauta, mas tem de servir de motivação para terminar o ano levantando taça. 

– A expectativa é a melhor possível. Essa parada nos fez refletir sobre a saída precoce da Liga Nacional. Cada um sabe que esse título é muito importante para cada um de nós, para a instituição, para os torcedores. A ACBF merece pelo ano que foi. É um título importante – acrescenta. 

A partida desta segunda marcará a despedida de Carlos Barbosa de quatro atletas: Marlon e Felipe Valério, que estão de saída para o futsal espanhol; o goleiro Henrique, que foi contratado pelo Foz Cataratas, e o ala Felipe Santos, que não teve seu vínculo renovado com a ACBF.

Leia Também:
Família perde tudo em incêndio em Caxias do Sul
"Quanto mais preso tiver, mais dinheiro gira", pede detento em Caxias do Sul

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros