Winck quer time de cabeça erguida para os quatro jogos que faltam para o Ju - Esportes - Pioneiro

Versão mobile

 

Série B02/11/2018 | 02h52Atualizada em 02/11/2018 | 02h52

Winck quer time de cabeça erguida para os quatro jogos que faltam para o Ju

Treinador lamentou falta de efetividade do time na derrota para o Brasil-Pel

Winck quer time de cabeça erguida para os quatro jogos que faltam para o Ju Porthus Junior/Agencia RBS
Foto: Porthus Junior / Agencia RBS
Pioneiro

Após a derrota do Juventude para o Brasil-Pel por 1 a 0, na noite desta quinta-feira(1), o técnico Luiz Carlos Winck reconheceu a dificuldade da equipe alviverde na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro da Série B.

- Ainda a superação. Contar com os resultados de CRB e Sampaio para não voltar a encostar e do Paysandu. Nós temos ainda dois jogos em casa, mesmo que tenhamos uma dificuldade. Esse jogo direto do CRB virou uma decisão para nós.

Para o duelo diante do CRB, o lateral-esquerdo Neuton, que saiu no primeiro tempo com suspeita de fratura nas costelas, e o volante Lucas, expulso, serão desfalques. O time realiza treinamentos sexta pela tarde, e nas manhãs de sábado, domingo e segunda-feira, antes da viagem para Alagoas.

- Cabeça sempre erguida. Já passei por momentos assim no futebol. Sempre fui honesto, trabalhei com sinceridade  e muito. O meu grupo, tenho que dar parabéns pela busca e aplicação. Não tem baixado a cabeça e não vai baixar nos quatro jogos que faltam - concluiu Winck.

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros