Juventude perde para o CRB e está virtualmente rebaixado para a Série C - Esportes - Pioneiro

Versão mobile

 

Série B06/11/2018 | 23h25Atualizada em 07/11/2018 | 00h18

Juventude perde para o CRB e está virtualmente rebaixado para a Série C

Derrota por 2 a 0 faz com que só um milagre evite a queda alviverde

Juventude perde para o CRB e está virtualmente rebaixado para a Série C Douglas Araújo/CRB,Divulgação
Foto: Douglas Araújo / CRB,Divulgação

Se você chegou em Caxias do Sul após o dia 9 de outubro de 2016, possivelmente não sabe o que a torcida do Juventude sentiu durante os sete anos em que esteve longe da Série B. Caiu à Quarta Divisão, teve que jogar Copinha como se fora Copa do Mundo para ter calendário nacional na temporada seguinte. 

Há pouco mais de dois anos, no Castelão, em Fortaleza-CE, o clube caxiense se livrava da Série C e voltava para o convívio entre os 40 grandes do país.

Pois foi na mesma região Nordeste – desta vez em Alagoas – que o Juventude praticamente  selou seu retorno para a Terceira Divisão. A derrota desta terça-feira(6), por 2 a 0 para o CRB, em Maceió, colocou o time do técnico Luiz Carlos Winck em missão praticamente impossível. O rebaixamento é um caminho que parece inevitável. O milagre agora é tirar sete pontos em relação aos alagoanos de nove que as equipes disputarão.

O jogo começou lento. Com muitas faltas e os times com pouca qualidade próximos da área adversária, a partida se encaminhava sem grandes sustos. Pelo menos assim foi até os 11 minutos. O Juventude tentava a saída de bola, mas Iago roubou a bola e avançou com velocidade. O atacante chegou pela esquerda e cruzou, Mazola fez um corta luz preciso e a bola chegou para Renan Oliveira. Com qualidade, o meia ajeitou e mandou no canto esquerdo de Douglas: 1 a 0 CRB e pressão ainda maior para o time de Winck.

Os donos da casa seguiram melhor. Finalizavam mais, mesmo que sem acertar o alvo. Assim foi com Willians Santana, aos 22, quando mandou por cima do gol alviverde. A primeira e única finalização do Ju nos 45 minutos iniciais veio aos 39. Valentini recebeu a bola na grande área e chutou, para tranquila defesa de João Carlos.

Aos 41, Willians Santana quase ampliou. O jogador arrancou em velocidade e chutou cruzado. A bola passou raspando a trave direita de Douglas. Em um primeiro tempo fraco, prevaleceu a equipe que arriscou mais e o CRB foi para o vestiário na frente do marcador.

A parte final do confronto começou muito parecida com o que foi o primeiro tempo. O CRB dominante, chegou na área  alviverde aos 11, em falta técnica, quando Tony levantou demais o pé. Na cobrança, Edson Ratinho chutou e Douglas salvou.

Aos 15, o primeiro esboço de reação do Juventude. Valentini limpou dois marcadores e mandou forte para boa defesa de João Carlos.

E foi o goleiro do time alagoano que evitou o empate aos 20. Após bola cruzada na área, Hugo Sanches cabeceou e parou em João. No rebote, Elias teve a finalização prensada pela defesa.

A derrocada alviverde foi sacramentada aos 35 minutos. Na bola que saiu do goleiro João Carlos passou por Paulinho e chegou em Iago, que cruzou e Willians Santana apareceu para empurrar a bola para o fundo da rede.

Agora, a oficialização do rebaixamento alviverde pode acontecer na sexta-feira caso o Ju perca para a Ponte Preta, ou se o CRB ganhar no sábado do Criciúma em Santa Catarina – se as duas partidas forem empates, o Ju também cai.

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros