Juventude oficializa sequência de Winck no comando da equipe - Esportes - Pioneiro

Versão mobile

 

De olho em 201930/11/2018 | 12h14Atualizada em 30/11/2018 | 13h10

Juventude oficializa sequência de Winck no comando da equipe

Treinador diz que readequação salarial não foi importante para a sua decisão

Juventude oficializa sequência de Winck no comando da equipe Porthus Junior / Agência RBS/Agência RBS
Winck (D), ao lado do presidente Walter Dal Zotto Jr. e do diretor Osvaldo Pioner (E) Foto: Porthus Junior / Agência RBS / Agência RBS

O Juventude oficializou, em entrevista coletiva na manhã desta sexta-feira, a permanência do técnico Luiz Carlos Winck para a temporada de 2019. O comandante sofrerá uma redução em seu salário, justamente por conta da readequação orçamentária do clube.

Leia Mais
Intervalo: enquanto o Caxias tem o grupo encaminhado, Ju pode dar largada oficial nesta sexta
Winck renova com o Juventude e reapresentação será dia 10 de dezembro

— Entendemos que a continuidade é positiva. A gente tem que fazer um grupo que ele participe da montagem para que tenhamos resultados melhores que tivemos neste ano (em 2018). O trabalho que acabou não foi aquele que imaginávamos, mas também precisamos fazer um mea culpa pelos problemas de várias ordens. Pelo histórico e por acreditar na pessoa e no trabalho do Winck em outros clubes, decidimos em consenso a permanência dele — afirmou o presidente Walter Dal Zotto Jr.

O treinador, que já havia deixada clara a sua vontade de continuar no clube, mostrou-se entusiasmado com a oportunidade de construir uma nova história dentro do Juventude:

— Eu gostaria de agradecer toda a direção pelo apoio e confiança. Essas questões financeiras ficam de lado. O momento é de união, de pensar em 2019 e esquecer o que passou. O clube é muito grande, muito forte e acredito em um ano muito bom pela frente — disse Winck, que ainda destacou o tamanho do desafio de buscar bons resultados no Gauchão, Copa do Brasil e Série C do próximo ano: 

— Sempre reiterei minha vontade de permanência porque encontrei um clube muito bom, uma estrutura de trabalho. Sempre vim trabalhar motivado e com alegria. Além disso, agora com um desafio pessoal, maior do que eu já tive, de buscar bons resultados em 2019. Não tenho medo disso. Meus números anteriores me respaldam para isso.

Leia Também
Flores da Cunha recebe a partir desta sexta-feira jogos da Copa Ipiranga Sub-20



 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros