Intervalo: O que resta ao Juventude é pensar na Série C e na próxima temporada - Esportes - Pioneiro

Versão mobile

 

Opinião07/11/2018 | 09h29Atualizada em 07/11/2018 | 09h29

Intervalo: O que resta ao Juventude é pensar na Série C e na próxima temporada

Time alviverde ainda disputará três jogos na reta final da Segunda Divisão

Intervalo: O que resta ao Juventude é pensar na Série C e na próxima temporada Pei Fon/Raw Image/Estadão Conteúdo
Foto: Pei Fon / Raw Image/Estadão Conteúdo

Na C em 2019
Agora resta ao Juventude encerrar 2018 de forma digna e pensar em uma próxima temporada muito melhor. O planejamento precisa começar logo, antes mesmo do final da Série B. O rebaixamento é questão de tempo, não dá mais para reverter. A matemática ainda reserva uma esperança, mas a equipe alviverde não dá qualquer sinal de que pode vencer alguns dos seus três últimos jogos.

Leia Mais
Após a 14ª derrota na Série B, jogadores do Juventude falam em lutar até o final contra a queda
Juventude perde para o CRB e está virtualmente rebaixado para a Série C

Nesta terça, em Alagoas, mais do mesmo. Um time que é pouco efetivo no ataque e tem gigantescas dificuldades técnicas. A qualidade de alguns jogadores some pela pressão do momento e a vontade não é suficiente para que o Juventude consiga algo melhor.

Enfim, o que começou mal, com um planejamento equivocado, vai acabar com um passaporte de volta para o inferno da Série C.

Boa notícia
Para não dizer que só existem más notícias, vale ressaltar a personalidade dos guris. Em um momento tão complicado, Gabriel Valentini e Denner chamaram a responsabilidade e podem ser peças importantes em 2019. 

Com título
Na reta final da carreira, Paulo Baier passou alguns meses no Alfredo Jaconi e defendeu o Juventude na Série C de 2015. Após pendurar as chuteiras, o ex-meia e lateral-direito iniciou uma jornada, desta vez como treinador. E, mesmo em uma competição sem grande expressão, já sagrou-se campeão na segunda equipe que comanda.

Paulo Baier levou o Próspera, de Santa Catarina, para a segunda divisão do Estado. Antes, Baier havia treinado o Toledo-PR.

Caxias no Estadual
Caxias do Sul estará representada no Estadual adulto de basquete masculino. O time será composto apenas por jogadores da cidade, em uma mescla de experiência e juventude. A competição terá quatro equipes e com previsão de início para 22 de novembro.

Nos próximos dias deve ser definido o formato da disputa. No grupo caxiense estarão nomes como Dida, Tody, Bego, Paulinho. O ala Rafael Stabile recebeu propostas para atuar na Liga Ouro, mas também pode reforçar o time de Caxias. 


 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros