Intervalo: Juventude precisará ter agilidade e serenidade para a formação da nova diretoria - Esportes - Pioneiro

Versão mobile

 

Opinião13/11/2018 | 06h00Atualizada em 13/11/2018 | 06h00

Intervalo: Juventude precisará ter agilidade e serenidade para a formação da nova diretoria

De olho em 2019, clube terá Gauchão, Copa do Brasil e Série C

Intervalo: Juventude precisará ter agilidade e serenidade para a formação da nova diretoria Porthus Junior/Agencia RBS
Foto: Porthus Junior / Agencia RBS

Saída com frustração
Roberto Tonietto confirmou na entrevista coletiva desta segunda-feira o que já se imaginava. Ele não seguirá no clube em 2019. Neste caso, a questão profissional se impõe.

Leia Mais
Roberto Tonietto confirma que deixa a presidência do Juventude em 2019

A partir de agora, o mais importante é o Juventude ter agilidade e serenidade no trabalho para a formação de uma nova diretoria. Não dá para perder muito tempo, os desafios de 2019 estão logo aí e uma reformulação, financeira e dentro do grupo de jogadores, é fundamental. 

A realidade será outra, com recursos bem inferiores e, como disse o próprio Tonietto, os dirigentes precisarão ser criativos para que o Juventude volte a ser forte em 2019.

Corrida de rua
As ruas de Bento Gonçalves foram tomadas pelos 700 participantes da 5ª edição da Sparkling Night Run. A corrida de rua mobilizou mais de 2 mil pessoas e teve duas modalidades – caminhada e corrida –, onde os atletas percorreram distâncias de 5km e 10km, com trajetos privilegiando pontos turísticos do município. 

 As ruas de Bento Gonçalves foram tomadas pelos 700 participantes da 5ª edição da Sparkling Night Run. A corrida de rua mobilizou mais de 2 mil pessoas e teve duas modalidades ¿ caminhada e corrida ¿, onde os atletas percorreram distâncias de 5km e 10km, com trajetos privilegiando pontos turísticos do município. Neste ano, a prova teve inscritos provindos de quatro estados brasileiros: Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná e Minas Gerais. Indexador: Leonardo Lima
Foto: Márcio Rodrigues / Divulgação

Neste ano, a prova teve inscritos provindos de quatro estados brasileiros: Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná e Minas Gerais. 

Six Days
Teve início nesta segunda e segue até o dia 17, domingo, em Viña del Mar, no Chile, a 93ª edição da Six Days Enduro, uma das mais tradicionais provas da modalidade.

São 400 pilotos, sendo 13 representando o Brasil e cinco o Rio Grande do Sul. Entre os destaques, os caxienses Gustavo Pellin, integrante da principal equipe nacional, e Anderson Vieira.

Nos dois primeiros dias de prova, os pilotos percorrerão as praias e montanhas de Papudo e Zapallar, enquanto no terceiro e o quarto seguirão pelo leste de Viña del Mar. 

Leia Também
De Victor Kley a Fernando & Sorocaba: confira quais as novas atrações da Festa da Uva de 2019

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros