ACBF joga em casa por vaga na final da Liga Gaúcha - Esportes - Pioneiro

Vers?o mobile

 

Futsal23/11/2018 | 20h00

ACBF joga em casa por vaga na final da Liga Gaúcha

Time recebe a Uruguaianense com a vantagem do empate para se classificar

ACBF joga em casa por vaga na final da Liga Gaúcha Ulisses Castro / ACBF, divulgação/ACBF, divulgação
No jogo de ida, ACBF bateu a Uruguaianense por 4 a 1 na casa do adversário Foto: Ulisses Castro / ACBF, divulgação / ACBF, divulgação

Uma ampla vantagem e até uma considerada obrigação de passar de fase. Esses são os ingredientes para mais um desafio da ACBF na temporada. Neste sábado, às 17h, o time de Carlos Barbosa recebe a Uruguaianense pelo jogo de volta das semifinais da Liga Gaúcha de Futsal.

Leia Mais:
ACBF goleia no jogo de ida da semifinal da Liga Gaúcha
ACBF encara a Uruguaianense por vaga na final da Liga Gaúcha 

Em quadra, no Ginásio Sérgio Luiz Guerra, a equipe laranja tem o desafio de recuperar a confiança do torcedor, abalada após a queda em casa para a Copagril nas quartas de final da Liga Nacional. Nesta vez, a equipe de Marquinhos Xavier pode até perder no tempo normal, desde que empate na prorrogação. No jogo de ida, na fronteira oeste gaúcha, a ACBF venceu a Uruguaianense por 4 a 1 e abriu larga vantagem na busca pela vaga na final da competição. 

— Não tem nada vencido. Já fizemos (o discurso) e seguiremos falando. Não foi a primeira e nem será a última. Os atletas relatam que isso é repetitivo. Temos de repetir o esforço e encarar o jogo da volta como o da ida. Não há motivo para relaxamento até porque nós sempre estamos pensando e preocupados com o próximo jogo. Temos de garantir a vaga na final — resume o técnico Marquinhos Xavier. 

O treinador tem quase todo o elenco à disposição. A exceção é o ala Bruno Souza, que se lesionou ainda na Liga Nacional. Além da força do elenco, a equipe laranja aposta no fator casa como diferencial para garantir a volta da equipe à decisão estadual. 

— Fomos bem em resolver o problema numa quadra menor. Agora em casa, numa quadra em que não estranhamos a dimensão, temos de atuar bem. É mais provável que tenhamos uma boa atuação do que tivemos na adaptação fora de casa com quadra menor, onde é mais complicado de jogar — acrescenta Xavier. 

A ACBF não disputa uma final desde 2016. Da última vez que chegou na decisão, acabou sendo derrotada para o Atlântico. O último título estadual do time laranja foi em 2015, quando foi campeão sobre a Assoeva.

Leia Também:
Depósito da Eberle Motores está disponível na 2ª Vara do Trabalho
Vozeirão e positividade dão tom à obra de JJ Thames, atração do MDBF

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros