"A campanha foi toda ruim e o resultado veio no fim", diz Winck - Esportes - Pioneiro

Versão mobile

 

Série B15/11/2018 | 20h43Atualizada em 15/11/2018 | 20h43

"A campanha foi toda ruim e o resultado veio no fim", diz Winck

Técnico lamentou goleada de 4 a 1 sofrida pelo Juventude na quinta-feira

"A campanha foi toda ruim e o resultado veio no fim", diz Winck Gustavo Simão / Fortaleza, divulgação/Fortaleza, divulgação
Foto: Gustavo Simão / Fortaleza, divulgação / Fortaleza, divulgação
Pioneiro
Pioneiro

A derrota do Juventude para o Fortaleza foi a segunda goleada sofrida pelo alviverde na temporada. Antes dos 4 a 1 desta quinta-feira, no Ceará, o time havia perdido por 3 a 0 em casa para o próprio Fortaleza um turno antes. Para o técnico Luiz Carlos Winck, o resultado apenas representa tudo o que foi vivido na temporada.

— Isso é relacionado ao perfil de cada um. Não vou massacrar meus atletas. Tenho responsabilidade nisso. Na montagem, na hora de idealizar uma equipe é preciso escolher jogadores que tenham esse perfil emocional forte. A campanha foi toda ruim e o resultado veio no fim do campeonato — avaliou o treinador.

Sobre o jogo, o técnico voltou a lamentar os erros individuais da equipe. Principalmente pelo fato de o time ter saído na frente logo nos minutos iniciais de partida:

— Não tem como explicar. Tu sai com 1 a 0 e logo leva o gol. Muitos erros individuais que acabam prejudicando o coletivo. Jogamos contra uma equipe de muita qualidade. Teríamos que fechar mais os espaços e aproveitar as chances que a gente tivesse. O Hugo foi o que mais contribuiu, lutou, chutou, fez gol. Mas não poderíamos ter errado tanto assim.

O Juventude volta a campo no sábado, dia 24, diante do CSA. A partida será às 17h no Alfredo Jaconi. Marca a despedida da equipe na segunda divisão nacional.

Leia Também:
Família localiza adolescente desaparecida em Caxias do Sul
Exército diz que detonação não causaria tremores em uma área tão grande de Caxias

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros