Juventude faz segundo tempo horrível e leva virada do Goiás no Alfredo Jaconi - Esportes - Pioneiro

Versão mobile

 

Série B12/10/2018 | 21h19Atualizada em 12/10/2018 | 21h32

Juventude faz segundo tempo horrível e leva virada do Goiás no Alfredo Jaconi

Após sair na frente, Ju perde por 5 a 3 e fica na zona de rebaixamento

Juventude faz segundo tempo horrível e leva virada do Goiás no Alfredo Jaconi Porthus Junior/Agencia RBS
Foto: Porthus Junior / Agencia RBS

Foi uma noite de sentimentos opostos no Estádio Alfredo Jaconi e que terminou amargo para a Papada. Depois de 45 minutos de sonhos para o torcedor alviverde, com uma vitória de 2 a 0 encaminhada, o Juventude apagou em 10 minutos na segunda etapa e foi derrotado por 5 a 3 para o Goiás, na noite desta sexta-feira(12). Com o resultado, o time do técnico Luiz Carlos Winck volta para a zona do rebaixamento. A próxima partida alviverde será no sábado (20), contra o Vila Nova, em Goiânia. 

O Juventude começou melhor. Logo aos 8 minutos, os donos da casa chegaram a marcar com Douglas Kemmer, após passe de Denner. Porém, o centroavante alviverde estava em condição de impedimento. 

O clima da partida esquentou, e em dois momentos os jogadores das duas equipes trocaram a bola pelos empurrões. A primeira aos 12, com Kemmer e David Duarte se estranhando. Depois, foi Michael, do Goiás, que empurrou escandalosamente a Neuton e só não foi expulso porque o árbitro Gilberto Castro Júnior não quis. 

O Juventude continuou melhor e dando sufoco no time goiano. Porém, sem conseguir finalizar com perigo na direção do gol de Marcão. 

Aos 31, saída errada do volante Rodrigo e Michael tomou a frente da jogada. O jogador do Goiás buscou a finalização no canto esquerdo de Douglas Silva, mas a bola foi pela linha de fundo.  

O resultado da pressão do Juventude deu resultado aos 38. Jogada de Denner pela direita para ultrapassagem de Vidal, que cruzou para Hugo Sanches. O atacante não pegou em cheio no chute, mas mandou no canto baixo esquerdo do goleiro Marcos: 1 a 0 para o Papo. 

A vantagem só não foi ampliada aos 41 porque Lucas errou incrivelmente um chute cara a cara com o goleiro adversário.  Porém, no minuto seguinte, uma pintura. Se no primeiro gol a finalização não foi precisa, no segundo, Hugo Sanches dominou, girou e mandou uma bomba no ângulo esquerdo. O segundo do atacante alviverde em uma atuação de luxo do time de Luiz Carlos Winck no primeiro tempo. 

A volta do intervalo continuou na mesma batida dos 45 minutos iniciais, e logo aos três, Denner arriscou de fora da área e obrigou Marcos a fazer boa defesa. 

O que parecia que seria um encaminhamento de uma fácil vitória, virou drama. O Goiás chegou com perigo com Lucão, aos 13, em cabeceio que Douglas Silva defendeu. A partir daí, a equipe goiana silenciou o Jaconi. 

Aos 16, Lucão antecipou a marcação em cobrança de escanteio rasteiro para fazer o primeiro em chute forte, sem chance para o goleiro do Ju. Aos 18, o empate. Bola lançada nas costas da defesa alviverde e em nova falha de cobertura de Neuton, Michael bateu cruzado para fazer o 2 a 2. 

A virada goiana só não veio aos 23 porque Douglas salvou. Edcarlos chuta escorregando e quase encobre o goleiro do Ju, que deu um tapa para a linha de fundo. 

Porém, o castigo veio aos 26. Novamente em jogada pelo lado esquerdo de defesa alviverde, Michael ajeitou e mandou cruzado. Lucão tentou o toque, mas a bola foi direto para o fundo da rede: 3 a 2 para o Goiás. 

O Juventude se abateu e o time goiano quase fez o quarto com Alex Silva, aos 29. Os time mandante só arriscou com perigo aos 33, quando Bonfim cabeceou com força e parou em Marcos. 

Aos 39, dessa vez pela esquerda de ataque do Goiás, foi a vez de Robinho limpar e fazer o quarto, para definir a vitória goiana. Nem mesmo gol de Micael, aos 46, após cruzamento de Hugo Sanches, diminuiu a frustração jaconera. Ainda deu tempo de Felipe Gedoz, em jogada de contra-ataque que o goleiro Douglas tentava o gol no ataque do Ju, fazer o quinto. 

 Vitória do time do cerrado por 5 a 3 e o Ju de volta à zona do rebaixamento da Série B.  

Ficha técnica 

Estádio Alfredo Jaconi – Campeonato Brasileiro da Série B - 31ª rodada 

Juventude 3x5 Goiás 

Juventude: Douglas, Vidal(A), Micael, Rafael Bonfim e Neuton; Rodrigo, Lucas (Rafinha,29’/2°) e Denner(Queiróz,32’/2°); Caio Rangel(A) (Bertotto,22'/2°) , Hugo Sanches e Douglas Kemmer(A). Técnico Luiz Carlos Winck 

Goiás: Marcos, Alex Silva, David Duarte(A), Edcarlos e Ernandes; Gilberto Júnior, Giovanni, Renato Cajá (Júnior Viçosa (A), 15’/2°) , Michael(A) e Rafinha (Robinho,15’/2°) ; Lucão (Felipe Gedoz, 40’/2°). Técnico: Ney Franco 

Gols: Hugo Sanches (J), aos 38min e aos 42min, no primeiro tempo; Lucão (G), aos 16min, Michael(G), aos 18min e 26min, Robinho(G), aos 39min, Micael(J), aos 46min e Felipe Gedóz, aos 48min, no segundo tempo. Árbitro: Gilberto Castro Junior, auxiliado por Marcelino Castro de Nazare e Francisco Bezerra Junior (trio pernambucano). Público: 4630. Renda: R$38.050,00

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros