Intervalo: O futebol regular da Seleção de Tite e os primeiros reforços anunciados pelo VEC - Esportes - Pioneiro

Versão mobile

 

Opinião17/10/2018 | 06h00Atualizada em 17/10/2018 | 06h00

Intervalo: O futebol regular da Seleção de Tite e os primeiros reforços anunciados pelo VEC

Brasil fez 1 a 0 na Argentina em jogo truncado e com pouco a comemorar

Intervalo: O futebol regular da Seleção de Tite e os primeiros reforços anunciados pelo VEC Lucas Figueiredo/CBF/
Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Para o gasto
O resultado, neste caso, foi o que mais chamou a atenção. Em uma boa atuação da Seleção Brasileira, um sempre importante resultado positivo sobre a Argentina. 

A melhor notícia é a dupla de volantes, formada por Casemiro e Arthur. São dois jogadores de talento reconhecido para marcar e fazer o time jogar. Na frente, Neymar continua individualista ao extremo, Gabriel Jesus segue com pouca confiança e Firmino pouco apareceu. 

Até a Copa América, Tite deve dar oportunidade a outros jogadores, testar algumas alternativas e identificar a melhor formação para o torneio que, por ser disputado no Brasil, terá um peso diferente em 2019.

 Leia Mais
Hora de refletir e agir: os pensamentos do Ju para as rodadas finais da Série B 

Copa do Brasil
Pela lógica, o Cruzeiro é favorito destacado ao título da Copa do Brasil. Além de ter a vantagem, tem um time melhor e que se sai bem atuando fora de casa. Um título do Corinthians seria grande surpresa.

Primeiros nomes no VEC
O Veranópolis confirmou os primeiros nomes do grupo de jogadores para 2019. Além dos goleiros Anderson e Tales, que já participaram do elenco desta temporada, foram anunciados dois laterais. A novidade é Lucas Carvalho da Silva, 22 anos, que passou por Fluminense (RJ), Democrata, Tupi e disputou o Gauchão 2018 pelo Cruzeiro (RS). 

O outro nome é um velho conhecido: o experiente Vinícius Bovi, 36 anos, que defenderá o Pentacolor pela terceira temporada.

Título no futsal
A caxiense Diana Santos teve uma conquista importante no último final de semana. Ela foi capitã das Leoas da Serra, de Lages-SC, no título da Libertadores Feminina de Futsal, no Paraguai. Na final, vitória sobre o Sport Colonial-PAR por 4 a 0, com um gol de Diana. A equipe catarinense venceu os cinco jogos que disputou.

Leia Também
Conheça histórias de quem muda a vida dos alunos através do esporte em Caxias do Sul

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros