Com o poder da defesa, Juventude se prepara para encarar o Coritiba - Esportes - Pioneiro

Versão mobile

 

Série B04/10/2018 | 06h00Atualizada em 04/10/2018 | 06h00

Com o poder da defesa, Juventude se prepara para encarar o Coritiba

Equipe alviverde está há dois jogos sem sofrer gols

Com o poder da defesa, Juventude se prepara para encarar o Coritiba Felipe Nyland/Agencia RBS
Foto: Felipe Nyland / Agencia RBS

O Juventude está encaminhado para encarar o Coritiba na sexta-feira(5), às 21h, no Estádio Couto Pereira. Para o duelo válido pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, a equipe alviverde conta com um fator que voltou a ser decisiva a seu favor:  a defesa.

Depois de se apresentar como  uma das melhores defesas da Série B, o Juventude acabou por perder o poder defensivo e ser vazado com maior constância. Assim chegou até a zona do rebaixamento. 

Com a chegada de Winck e o entendimento do grupo da ideia de jogo do treinador,  o time passou sem sofrer gols nas duas últimas partidas. Com isso, deixou o Z-4 e se tornou um time mais confiante na Segunda Divisão. Mesmo com as duas mudanças que o treinador será obriga a fazer na linha defensiva, os jogadores mostram percepção da forma de trabalho do Winck.

– Estamos muito entrosados. O Pará (que volta ao 11 inicial na lateral esquerda) era titular até pouco tempo.  Isso mostra a força do nosso grupo tem. Quem tem entrado está dando conta do recado. Como foi com Wagner, Micael, Neuton, o Mattioni e o Vidal. Estamos super adaptados ao esquema de jogo do Winck – avaliou o zagueiro Rafael Bonfim, que retorna ao time e participou normalmente das atividades da quarta-feira após o quadro febril da terça.

Coincidentemente, as duas partidas em que o Juventude não tomou gols, Douglas vestia a camisa 1 e foi destaque tanto contra Atlético-GO e Londrina.

O provável time que irá a campo contra o Coxa tem Douglas, Felipe Mattioni, Micael, Rafael bonfim e Pará; Rodrigo, Lucas, Tony; Hugo Sanches, Leandro Lima e Denner.

Se não sofrer gols no Paraná, o Juventude começa a abrir distância do Paysandu, que na terça-feira perdeu para o CSA. Além disso, fica garantido fora do Z-4 se o CRB não vencer a Ponte Preta no sábado.

– Está tudo conspirando a nosso favor. Agora, só depende da gente para se manter fora da zona e isso nos motiva ainda mais – concluiu Bonfim.

Leia também
Juventude perde para o Cruzeiro na Copa do Brasil sub-17

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros