Luiz Carlos Winck faz mudanças no Juventude para encarar o Londrina - Esportes - Pioneiro

Versão mobile

 

Série B25/09/2018 | 06h00Atualizada em 25/09/2018 | 06h00

Luiz Carlos Winck faz mudanças no Juventude para encarar o Londrina

Treinador observou Pará no meio campo e na lateral esquerda

Luiz Carlos Winck faz mudanças no Juventude para encarar o Londrina Felipe Nyland / Agência RBS/Agência RBS
Foto: Felipe Nyland / Agência RBS / Agência RBS

Manter uma sequência de resultados sem ter uma continuidade de time. Essa é a missão do técnico Luiz Carlos Winck com o time do Juventude contra o Londrina na quinta-feira, às 19h30min, no Estádio Alfredo Jaconi. Para encarar a equipe paranaense, o comandante alviverde terá que alterar novamente a formação titular. Na comparação com a equipe que venceu o Atlético-GO, na terça-feira passada, serão ao menos três substituições.

A primeira mudança é na defesa. Com a lesão de Rafael Bonfim, que ainda não teve o laudo dos exames na coxa esquerda divulgado, a dupla de zaga será formada por Wagner e Micael, que jogaram juntos diante do Guarani. A outra novidade, pode aparecer na lateral esquerda. Pará, voltará ao time titular, seja no sistema defensivo, colocando Neuton no banco de reservas, ou numa linha mais a frente, na vaga ocupada diante do Atlético-GO por Esquerdinha — o jogador faturou uma vértebra e desfalca o time por pelo menos um mês.

No meio-campo, Tony entra no lugar de Denner, suspenso. No ataque, duas situações foram observadas por Winck. A primeira, Caio Rangel e Hugo Sanches têm a companhia de Pará. Na segunda observação do treinador, a linha foi formada com Leandro Lima, recuperado da pancada que recebeu no tornozelo. 

Em um momento decisivo, o grupo do Juventude se mostra pronto para as mudanças que estão acontecendo no time titular. 

— O jogador tem que estar preparado toda hora. Mesmo quem não está atuando. Ele pode não ir para um jogo e no outro começar. E terá que ajudar e dar a contribuição. Creio que nosso grupo está preparado e focado. Todo mundo querendo fazer o melhor e tirar o Juventude desta situação— avaliou o zagueiro Wagner, que entrou no começo do segundo tempo da vitória em Goiânia.

Nesta Série B, o Juventude jamais repetiu a formação inicial. Contando o período de Julinho Camargo, dos 37 jogadores que atuaram no time durante o campeonato, 33 integraram o 11 inicial.

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros