Intervalo: Os dois jogos em casa serão fundamentais para o futuro do Juventude na Série B - Esportes - Pioneiro

Versão mobile

 

Opinião03/09/2018 | 07h00Atualizada em 03/09/2018 | 07h00

Intervalo: Os dois jogos em casa serão fundamentais para o futuro do Juventude na Série B

Equipe de Winck encara Criciúma e São Bento nesta semana, no Jaconi

Intervalo: Os dois jogos em casa serão fundamentais para o futuro do Juventude na Série B Marcelo Casagrande/Agencia RBS
Foto: Marcelo Casagrande / Agencia RBS

Não dá para vacilar
Com apenas dois pontos de frente para o Z-4, o Juventude não pode mais tropeçar tanto em casa. A primeira missão de Luiz Carlos Winck foi cumprida em Belém, quando a equipe mostrou uma postura diferente, especialmente no setor ofensivo. Agora, possivelmente com um apoio maior do torcedor, é preciso reconquistar a força do fator Jaconi.

Leia Mais
Técnico do Juventude elogia a evolução apresentada pela equipe
Na estreia de Winck, Juventude leva gol nos acréscimos e empata com o Paysandu em Belém

Em dois confrontos diretos nesta semana, contra Criciúma e São Bento, o Ju precisa marcar os seis pontos para ter uma importante tranquilidade na sequência da competição. Caso contrário, a pressão seguirá, e pode influenciar diretamente os próximos passos da equipe alviverde.  

O início do novo ciclo
O técnico Tite comanda nesta segunda-feira, às 18h (horário de Brasília), o primeiro treinamento em solo americano, de olho nos amistosos contra Estados Unidos e El Salvador. O primeiro amistoso após a Copa do Mundo da Rússia será na sexta-feira, às 21h, no Estádio Metlife, em Nova Jersey.

A grande curiosidade gira em torno do aproveitamento dos novos nomes chamados pelo técnico caxiense, como Andreas Pereira, Lucas Paquetá, Everton e Richarlison. Neste domingo, o treinador convocou o lateral Éder Militão, ex- São Paulo e hoje no Porto-POR, para a vaga do lesionado Fagner.

Cancelamentos
O mau tempo prejudicou a realização da quinta rodada da Copa Wianey Carlet. O jogo do time B do Juventude contra o Lajeadense, previsto para domingo, foi cancelado. O mesmo ocorreu com outras partidas, incluindo Nova Prata x Grêmio B.

A derrota
Pelo que apresentou contra Barcelona e Magnus/Sorocaba, no Mundial, a ACBF tem tudo para brigar até o final pelos títulos da Liga Nacional e do Estadual. Joga um futsal moderno e qualificado. Na decisão da Copa Intercontinental, faltou entender o que o jogo propunha. A defesa paulista se sobressaiu e acabou sendo decisiva para o resultado.

O título
Quem conhece a trajetória do caxiense Matheus Sacon sabe o que representa para ele o título mundial conquistado ontem. Depois de um período difícil e um recomeço na Série Bronze do Estadual, pelo Juventude, o jogador alcançou o merecido reconhecimento nacional. Após uma temporada brilhante na Assoeva, segue em alta no time paulista.

Leia Também
Caxiense Matheus Sacon celebra título do Mundial pelo Magnus
ACBF perde a final para o Magnus e fica com o vice no Mundial


 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros