Intervalo: difícil saber o que se pode esperar do Juventude no duelo com o Guarani - Esportes - Pioneiro

Versão mobile

 

Opinião13/09/2018 | 07h00Atualizada em 13/09/2018 | 08h57

Intervalo: difícil saber o que se pode esperar do Juventude no duelo com o Guarani

Equipe de Luiz Carlos Winck precisa vencer para deixar o Z-4

Intervalo: difícil saber o que se pode esperar do Juventude no duelo com o Guarani Porthus Junior/Agencia RBS
Queiróz voltará ao time titular do Ju Foto: Porthus Junior / Agencia RBS

Perspectivas
O que esperar do Juventude na noite desta quinta-feira? Eis uma pergunta que não consigo responder e acredito que boa parte da torcida alviverde também não consiga. Depois de atuações decepcionantes dentro de casa, diante de times que brigam para escapar do rebaixamento, veio a dispensa de sete jogadores e uma cobrança forte da direção por uma nova atitude.

Leia Mais
Com Rodrigo entre os titulares, Winck encaminha Juventude para encarar o Guarani
Mais de dois times em três jogos: O difícil começo de Winck no Juventude

O que se espera é que, pelo menos, o time que entrar em campo diante do Guarani possa apresentar algo melhor do que se viu diante de Criciúma e São Bento. Na estreia de Winck, a atuação longe de casa contra o Paysandu chegou a trazer uma expectativa positiva e é justamente com base neste jogo é que reside a esperança de algo melhor nesta quinta-feira.

Enfim, a estreia
Das cinco mudanças propostas por Winck, apenas uma é por questão técnica. E justamente nela é que reside a maior expectativa. Enfim, Rodrigo fará sua estreia no meio-campo alviverde na vaga de Diones. De resto, a celebrar a volta de Mattioni na direita.

Nada definitivo
Richarlison fez o que se espera de um centroavante em sua estreia como titular da Seleção. Marcou dois gols e deixou boa impressão. O mesmo vale para a qualidade de Arthur no meio-campo e a segurança de Éder Militão na lateral direita. 

Porém, nenhuma dessas avaliações pode ser tão definitiva. Os 5 a 0 do Brasil de Tite contra El Salvador até nem mostram o tamanho da disparidade entre as equipes. Em ritmo de treino, a Seleção construiu o placar com naturalidade. O mais positivo é justamente abrir as portas para que novos nomes possam iniciar uma trajetória com a camisa amarela.

Vôlei masculino
O Brasil confirmou seu favoritismo na estreia do Mundial masculino de vôlei. Nesta quarta-feira, bateu o Egito por 3 sets a 0, parciais de 25/17, 25/22 e 25/20. Nesta quinta, às 14h30min, a seleção de Renan Dal Zotto encara uma pedreira: a forte equipe da França. O Sportv 2 transmite.

Conquistas no boxe
O professor de artes marciais Beto Corrêa entrou em contato para celebrar uma conquista importante. No último final de semana, dois atletas da sua equipe foram campeões gaúchos de boxe chinês sanda, na cidade de Ijuí. Luan Carvalho, 24 anos, venceu na categoria até 85kg, e Gabee Modelski, de 16, foi a campeã na disputa até 65kg.

A dupla deve participar do mundial da categoria, ainda neste ano, sem data e local definidos.

Leia Também
Superlotação faz HG suspender cirurgias eletivas em Caxias do Sul
Réu é condenado por tentar matar adolescente em guerra do tráfico em Caxias do Sul

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros