Na estreia de Winck, Juventude leva gol nos acréscimos e empata com o Paysandu em Belém - Esportes - Pioneiro

Versão mobile

 

Série B31/08/2018 | 21h18Atualizada em 31/08/2018 | 21h46

Na estreia de Winck, Juventude leva gol nos acréscimos e empata com o Paysandu em Belém

Ju mostra evolução, mas as falhas defensivas são decisivas para o 3 a 3

Na estreia de Winck, Juventude leva gol nos acréscimos e empata com o Paysandu em Belém Fernando Torres/Paysandu/Divulgação
Foto: Fernando Torres / Paysandu/Divulgação

O Juventude voltou a marcar. E tudo parecia encaminhado para uma estreia perfeita do técnico Luiz Carlos Winck, com vitória fora de casa. Porém, após conseguir a virada no segundo tempo, o time alviverde sofreu o empate no último lance da partida, aos 50 minutos, e ficou no 3 a 3 com o Paysandu, na noite desta sexta-feira, em Belém. 

O resultado no Estádio da Curuzu impediu o distanciamento da equipe alviverde do Z-4, ao ficar com 28 pontos. Porém, a boa atuação no setor ofensivo traz uma perspectiva positiva para a sequência da Série B. O próximo desafio será na terça-feira, às 20h30min, contra o Criciúma, no Estádio Alfredo Jaconi.

Em Belém, logo aos dois minutos, após boa jogada ensaiada em cobrança de falta, Leandro Lima recebeu na área e finalizou no canto para boa defesa de Renan Rocha. Aos cinco, em ótimo passe de Lucas, Denner surgiu nas costas da defesa e cruzou para o meia da área. Caio Rangel dividiu com o zagueiro e finalizou sem força. Mesmo assim, o goleiro do Paysandu precisou fazer um malabarismo para evitar o gol.

A resposta do Papão de Belém veio aos oito. Após chegada forte pela direita, a bola sobrou na entrada da área e Matheus Silva finalizou para boa defesa de Matheus. Três minutos depois, foi Renato Augusto quem arriscou de pé esquerdo, mas o chute saiu fraco.

Após um início movimentado, o duelo ficou mais truncado. Mesmo com o excesso de faltas, o Juventude tinha mais posse de bola e conseguia controlar o jogo. Quando voltou a levar perigo, fez o 1 a 0. Aos 29, em uma jogada bem trabalhada e com um toque refinado de Lucas, o garoto Denner recebeu livre na área e teve muita tranquilidade para colocar no ângulo e abrir o placar, anotando seu primeiro gol como profissional. Após mais de 11 horas de jejum, o Juventude voltou a balançar as redes rivais.

O Paysandu teve a chance de igualar o placar aos 38, mas Renato Augusto chutou torto. Três minutos depois, não teve jeito. Em cobrança de falta de Pedro Carmona para a área, Fred errou o tempo de bola e Diego Ivo cabeceou no cantinho de Matheus: 1 a 1. 

Com a igualdade, a busca pelo resultado positivo se repetiu após o intervalo. Aos dois minutos, Denner encontrou Caio Rangel nas costas da defesa. O atacante do Ju entrou em velocidade e finalizou para defesa de Renan Rocha. Aos sete, a lei do ex funcionou. Em cobrança de falta pelo lado esquerdo, Pedro Carmona, levantou e Hugo Almeida, autor do gol do acesso do Ju à Série B em 2016, se antecipou à defesa e mandou de cabeça, sem chances para Matheus: 2 a 1 para os donos da casa.

Só que a arma utilizada pelo Paysandu também serviu para o time de Winck. Aos 14, Leandro Lima cobrou a falta e Rafael Bonfim, artilheiro do Ju na Série B, subiu muito, cabeceou firme e marcou seu quarto gol na competição. 

O jogo estava aberto e a equipe de Winck soube aproveitar um contra-ataque rápido para virar o placar. Em uma recuperação no meio-campo, Denner passou para Caio Rangel, em condição de impedimento, tirar do goleiro e fazer 3 a 2.

Com a vantagem, nada de recuar. Apesar das tentativas do Paysandu, especialmente em cruzamentos para a área, foi o Juventude quem criou a chance mais perigosa. Aos 43, o estreante Rafinha deu um lindo drible na entrada da área e deixou Queiróz sozinho para marcar. O atacante furou em bola de forma incrível.

Nos acréscimos, na última jogada da partida, veio o castigo. Em um balão para a área, Maurício perdeu para o atacante do Paysandu, que conseguiu desviar para trás. A bola ficou à disposição para o zagueiro Diego Ivo, na pequena área. Ele só desviou de Matheus e garantiu o empate do Papão da Curuzu.

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros