Intervalo: O que foi feito pelo Caxias Basquete não pode morrer aqui - Esportes - Pioneiro

Versão mobile

 

Opinião04/08/2018 | 10h00Atualizada em 04/08/2018 | 10h00

Intervalo: O que foi feito pelo Caxias Basquete não pode morrer aqui

Desistência de participar do NBB 11 repercute negativamente para o esporte gaúcho

Intervalo: O que foi feito pelo Caxias Basquete não pode morrer aqui Lucas Amorelli/Agencia RBS
Foto: Lucas Amorelli / Agencia RBS
mauricio reolon

Ponto de referência
A repercussão da desistência do Caxias Basquete em disputar o NBB 11 mostra o tamanho do que foi feito pela direção, comissão técnica e jogadores que passaram pela equipe nos últimos anos. Especialmente, a grande campanha que culminou com uma vaga na Liga Sul-Americana, um sonho que não poderá ser concretizado.

Leia Mais:
Intervalo: Após uma temporada espetacular, o triste desfecho da trajetória do Caxias Basquete
Presidente da Federação Gaúcha de Basquete aposta: "Logo o Caxias estará de volta" 
BGF recebe o Parobé, no sábado, pela 14ª rodada da Liga Gaúcha

Desde o anúncio, na noite de quinta-feira, as redes sociais foram tomadas pela lamentação e incredulidade de torcedores e jogadores, não apenas do Caxias. Apesar de a culpa ser direcionada quase sempre aos empresários, o problema é muito maior. Falta o entendimento do quão o esporte pode ser importante na construção de uma sociedade melhor. 

O alto rendimento é apenas o ponto de referência. O trabalho precisa começar desde a escola, com as crianças aprendendo e gostando de praticar uma atividade, entendendo a dinâmica de competição em grupo e como aquela rotina pode ser beneficente.

A partir daí, se constrói o caminho. E é fundamental que exista o exemplo. Nele, em um time adulto forte, que possa competir em uma grande liga e trazer para a cidade como adversários alguns ídolos do esporte, que se fomenta uma modalidade.

O basquete de Caxias fez tudo isso. A comunidade abraçou, a gurizada se encantou por aquela emoção dentro de quadra. A construção foi feita e não pode morrer aqui.

Vôlei
A bento-gonçalvense Paula Panno, que foi revelada pelo Bento Vôlei, foi convocada para integrar a Seleção Brasileira Feminina Sub-20 para a disputa do Sul-Americano de vôlei, que ocorre entre 15 e 22 de outubro, em Lima, no Peru. Paula hoje defende o DC Bradesco-SP.

Rugbi
O Farrapos, líder do seu grupo e um dos favoritos ao título brasileiro, joga neste sábado pela terceira rodada do Super 16. A equipe recebe o Desterro (SC), às 15h, no Estádio da Montanha.

Bocha
Neste sábado, a partir das 13h30min, acontece a final do Campeonato Municipal de Bocha Rafa Vollo. A disputa será na sede da SER Medianeira e irá reunir, além da equipe da casa, Carmo Campo Clube, Az de Ouro e G.E Gianella.

Leia Também:
Concurso da prefeitura de Farroupilha têm mais de 6,5 mil candidatos confirmados
"Seria um belo desafio", diz Rigotto sobre possível candidatura à vice-presidente

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros