Mundial de Handebol de Surdos define semifinalistas nesta quarta-feira - Esportes - Pioneiro

Versão mobile

 

No masculino17/07/2018 | 19h49Atualizada em 17/07/2018 | 20h38

Mundial de Handebol de Surdos define semifinalistas nesta quarta-feira

Competição é realizada no Ginásio Poliesportivo da UCS, em Caxias do Sul

Mundial de Handebol de Surdos define semifinalistas nesta quarta-feira Felipe Nyland/Agencia RBS
Jogos do Mundial de Handebol de Surdos são realizados no Ginásio Poliesportivo da UCS Foto: Felipe Nyland / Agencia RBS
Pioneiro
Pioneiro

O Mundial de Handebol de Surdos segue em disputa no Ginásio Poliesportivo da Universidade de Caxias do Sul (UCS). A competição sofreu alterações no cronograma em virtude da desistência das equipes de Gana, tanto no feminino quanto no masculino. A delegação ganesa teve problemas com os vistos para participar do evento.

Leia Mais:
Time feminino do Brasil perde na estreia do Mundial de Handebol para Surdos
Mundial de Handebol de Surdos começa nesta sexta-feira em Caxias do Sul
Com nove países em disputa, Caxias do Sul sedia Mundial de Handebol de Surdos

No masculino, apenas mais dois jogos serão realizados na primeira fase, ambos pela Chave B. Rússia x Equador; Camarões x Croácia jogam nesta quarta-feira.

Depois de derrota para a Turquia por 23 a 13 e vitória sobre Quênia de 24 a 12, o Brasil já está classificado para as semifinais como segundo colocado da chave A e Turquia avançou em primeiro. O time do técnico caxiense Rafael dos Santos, o Brasa, vai enfrentar o primeiro do outro grupo na sexta-feira. Hoje seria a Croácia. Na outra semi, a Turquia enfrenta o segundo da chave B, posição ocupada pela Rússia.

– A Croácia se mostrou até agora o melhor da competição. Vamos apostar no fator surpresa para tentar vencer. Como temos tempo, estamos treinando estratégias para cada momento do jogo. Do outro lado tem o campeão e o vice da Surdolimpíada. Totalmente imprevisível. Dos quatro, teoricamente, somos os mais fracos. Mesmo assim, pelos jogos que fizemos,  eles já nos encaram como uma força que está surgindo e tem que ter atenção – avaliou Rafael dos Santos, treinador do time masculino.

No feminino, além de Gana, o Equador também está fora da competição, que mudou para o formato de todos contra todos entre Brasil, Rússia, Dinamarca e Turquia. Nesta quarta-feira, o Brasil encara a Rússia. A primeira fase termina na quinta-feira, com Dinamarca x Turquia. As semifinais também estão marcadas para sexta-feira.

Quarta-feira
16h - Brasil x Rússia (Feminino)
18h - Rússia x Equador (Masculino)
20h - Camarões x Croácia (Masculino)

Quinta-feira
18h - Dinamarca x Turquia (Feminino)
20h - Decisão de 5º e 6º no Masculino

Leia Também:
Aprovado projeto que facilita atendimento a deficientes visuais em bancos de Caxias
Sancionada lei de adoção de praças em Bento Gonçalves
"A gente está passando por uma fase muito difícil, mas é um difícil útil", diz Arnaldo Jabor

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros