Investimento transformou a ACBF em potência e Carlos Barbosa a Capital Nacional do Futsal - Esportes - Pioneiro

Versão mobile

 

Alto rendimento05/07/2018 | 13h56

Investimento transformou a ACBF em potência e Carlos Barbosa a Capital Nacional do Futsal

Equipe laranja pode servir de exemplo para a continuidade do basquete em Caxias

Investimento transformou a ACBF em potência e Carlos Barbosa a Capital Nacional do Futsal Lucas Amorelli/Agencia RBS
Cerca de 20% do público presente nos jogos da ACBF vem de fora de Carlos Barbosa Foto: Lucas Amorelli / Agencia RBS

O sucesso de uma equipe atrelado à uma parceria forte e que identifica a comunidade. A ACBF tem na Tramontina a sustentação para se manter sempre brigando pelas principais competições no futsal. A forte ligação do time pentacampeão da Copa Libertadores da América recentemente com seu patrocinador e da cidade de Carlos Barbosa, fazem com que a equipe laranja seja um raro exemplo de solidez financeira na Serra para equipes esportivas fora do futebol.

Leia Mais:
Sem patrocínios confirmados, Caxias Basquete corre o risco de ficar de fora do NBB 11
Intervalo: Vivenciamos a incredulidade ao tratar da possível ausência do Caxias Basquete no NBB 11
Atleta olímpico, Celso Scarpini pede continuidade ao projeto do Caxias Basquete
Cauê Borges é eleito entre os melhores da temporada 2017/2018
Fotos: Libertadores com título da ACBF faz Carlos Barbosa respirar ainda mais o futsal
ACBF conquista o pentacampeonato do torneio

Do dia 1º de março de 1976, quando a ACBF foi fundada, até hoje, muitas equipes dos mais variados esportes na região surgiram e desapareceram. A longevidade da parceria do futsal de Carlos Barbosa com a empresa é um dos pontos fortes dessa continuidade.

– A Tramontina é importante para a sobrevivência em alto nível. É nosso principal patrocinador. Há um carinho mútuo entre o time e a empresa – diz Francis Berté, gestor da ACBF.

Atualmente, a receita da ACBF gira em torno de 70% através de patrocínios. Além da Tramontina, outras empresas estão na lista apoiadores do time. No entanto, a certeza da continuidade da parceria com a fábrica de utensílios domésticos dá a tranquilidade para sequência das atividades.

Além do excelente desempenho dentro de quadra, manter a ACBF em alto nível movimenta a economia local.

– Temos a intenção de todo ano promover um evento de nível nacional e internacional. Promove o nome da cidade, traz pessoas para Carlos Barbosa, e elas querem conhecer o time e o nosso ginásio. A rede hoteleira da cidade está sendo ampliada – afirma Francis.

Além dos turistas, o público frequente da ACBF também é formado por muita gente de outras cidades. O quadro social gira em torno de 900 a 1300 pessoas, sendo 30% de pessoas de fora de Carlos Barbosa.

– Dos jogos das fases iniciais das competições, cerca de 20% do público é de pessoas de fora do município. Quando chegam às fases finais, decisões e playoffs, esse número chega aos 60% da ocupação – diz o gestor da equipe laranja, que mostra preocupação com outras modalidades perdendo espaço no cenário:

– É bastante preocupante. É interessante que as equipes entrem nas competições e se identifiquem como marca. Nós temos essa condição por uma parceria forte e que está consolidada.

Leia Também:
Após 30 anos, prefeito da Serra assume a presidência da Famurs
Motorista morre após bater caminhão contra paredão de pedra em Flores da Cunha


 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros