Caxias terá meio-campo titular totalmente reformulado no segundo jogo da decisão - Esportes - Pioneiro

Versão mobile

 

Série D03/07/2018 | 07h00Atualizada em 03/07/2018 | 07h00

Caxias terá meio-campo titular totalmente reformulado no segundo jogo da decisão

Gilson e Marabá estão lesionados e Diego Miranda suspenso para a partida no Centenário

O Caxias terá um setor de mudanças para o jogo contra o Treze-PB, no próximo domingo, às 16h, no Centenário. Para o confronto da volta das quartas de final do Campeonato Brasileiro da Série D, o técnico Luiz Carlos Winck não deve contar com nenhum dos jogadores de meio-campo considerados titulares durante a quarta divisão nacional.

No confronto da ida, em João Pessoa, o técnico grená já não havia escalado o volante Gilson. No último lance de um treinamento de bola parada antes do deslocamento do time para a capital paraibana, o jogador, que ganhou a titularidade no início da competição, teve uma lesão muscular na coxa e sequer foi ao Nordeste.

Ainda no primeiro tempo do jogo no Almeidão, Marabá, que já havia perdido boa parte do Gauchão por lesão, levou a mão na região posterior da coxa e acabou deixando o gramado. O sentimento geral de quem acompanhou a forma com que camisa 5 deixou o campo é de que ele ficará fora do jogo do acesso.

Quem também deixou a Paraíba com a certeza de que não participaria do confronto de volta foi Diego Miranda. O meia, que atuou algumas partidas pendurado com dois cartões amarelos, foi advertido pelo árbitro Rafael Claus por reclamação exagerada. A advertência veio em forma de cartão, que rendeu ao 10 grená a suspensão automática, justamente na partida mais importante das últimas temporadas do Caxias.

O técnico Luiz Carlos Winck tratou com naturalidade a saída dos jogadores e com a escolha dos substitutos:

– A gente fica triste, mas a lesão é algo que não podemos prever. Nós temos que recompor, precisamos ter grupo neste momento. Não vou ter medo para fazer as trocas na equipe – avaliou treinador.

Regis, que entrou no lugar de Marabá, e Rafael Gava, que já havia começado a partida diante do Treze, devem ser mantidos, refazendo a dupla de meio-campo que foi titular durante boa parte do Gauchão. A outra posição deve ser disputada por três jogadores. Caio Cézar e Alex Willian, manteriam o time com uma postura muito próxima a que jogou nas últimas partidas. Já o volante Foguinho faria com que Gava fosse adiantado para a função de Diego Miranda.

As respostas para todas essas situações devem começar a ser respondidas a partir desta terça-feira à tarde, na reapresentação do grupo grená.

Leia Também
Juventude foca na preparação para maratona de seis jogos

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros