Juventude enfrenta o Guarani em busca da primeira vitória em casa na Série B - Esportes - Pioneiro

Versão mobile

 

Força no Jaconi01/06/2018 | 06h00Atualizada em 01/06/2018 | 06h00

Juventude enfrenta o Guarani em busca da primeira vitória em casa na Série B

Julinho Camargo fará mudanças na formação para o jogo desta sexta-feira

Juventude enfrenta o Guarani em busca da primeira vitória em casa na Série B Porthus Junior / Agência RBS/Agência RBS
Foto: Porthus Junior / Agência RBS / Agência RBS

— Sobre isso eu não vou falar. Desculpa, mas sobre esse episódio eu não falo.

Assim o técnico Julinho Camargo interrompeu a pergunta sobre as cobranças que o Juventude recebeu no domingo passado, ainda no aeroporto de Caxias do Sul. Mesmo sem o treinador falar, a pressão existe. 

Nem mesmo a sequência de quatro jogos invictos — três empates e uma vitória — tornou menor a cobrança dos torcedores alviverdes em cima do trabalho de Julinho, da direção e do grupo de jogadores. 

E, nesse cenário, o time recebe na noite de hoje o Guarani, a partir das 19h15min, no Alfredo Jaconi, pela oitava rodada da Série B.

Uma vitória neste confronto coloca o Ju na 13ª posição, pelo menos até o início dos jogos de sábado. Se o time voltar a ganhar em casa – o que não acontece desde 25 de fevereiro —, a arquibancada pode dar um respiro ao treinador, que segue tranquilo no comando do time.

— Eu tenho muito orgulho de ser treinador do Juventude. Tenho muito carinho pelas pessoas aqui do clube. E um carinho especial pelo nosso torcedor. Sei que ele é fiel ao clube e vai nos ajudar, e a gente vai tentar fazer o nosso máximo aqui dentro. Isso que tenho feito desde que cheguei aqui. Eu vou sempre respeitar nosso torcedor e sempre contar com ele — disse Julinho.

O time está praticamente confirmado para o jogo. A dúvida fica na defesa, entre César Martins e Micael. Sem Rafael Bonfim e Jair suspensos, e com Caio Rangel fora da lista de relacionados por desconforto na coxa, Julinho terá que mudar novamente em todas as posições.

— Muitas vezes a gente é questionado pela sequência da equipe. Eu gosto e quero muito dar sequência, mas a dificuldade da competição faz com que tenha que trocar um jogador lesionado, ou por causa dos três cartões amarelos e expulsão. Coisas que fogem ao treinador. Nessa partida temos três trocas feitas — disse o técnico alviverde, que esperou até o último momento pelo atacante Caio Rangel, mas não terá o jogador para o confronto:

— Eu não sou médico. Não posso passar por cima do médico do clube. Temos que respeitar esse tipo de situação.

Será mais uma noite para acabar com o jejum. É mais uma chance do Ju ficar longe do Z-4.

Leia também
O desfalque que Julinho Camargo terá para a escalação do Juventude contra o Guarani

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros