Intervalo: Os números comprovam a ótima campanha grená na Série D - Esportes - Pioneiro

Versão mobile

 

Opinião29/05/2018 | 07h00Atualizada em 29/05/2018 | 07h00

Intervalo: Os números comprovam a ótima campanha grená na Série D

Segunda melhor defesa da competição é um dos pontos fortes em busca do acesso

Intervalo: Os números comprovam a ótima campanha grená na Série D Marcelo Casagrande/Agencia RBS
Foto: Marcelo Casagrande / Agencia RBS

Em números
Alguns números para ratificar a ótima campanha do Caxias na primeira fase da Série D. O time sofreu apenas dois gols em seis jogos e tem a melhor defesa da competição. No ataque, os grenás marcaram 13 vezes, uma média superior a dois por partida.

Leia Mais
CBF confirma datas e horários dos jogos entre Caxias e Maringá
Juventude faz promoção de ingressos para sequência de jogos no Alfredo Jaconi

Um dos grandes destaques individuais é o centroavante Wesley, artilheiro grená com cinco gols. Ele tem um a menos que Jailson (Fluminense de Feira), Lima (Brusque) e Raí (São Raimundo-RR), os melhores marcadores da competição.

Aliás, muita gente balançou as redes na primeira fase da Série D: em 204 jogos foram 541 gols feitos, média de 2,65 por partida.

Mensagem
Antes da bola rolar para o duelo que garantiu a classificação do Maringá-PR à segunda fase da Série D, o twitter do clube paranaense postou uma mensagem que, no mínimo, merece reflexão:

“Lembrando que independente do resultado, hoje é um dia triste para o futebol. Mais de 900 atletas, de 36 equipes, estarão desempregados, pois acaba o calendário nacional aos que não se classificarem para a segunda fase da Série D”.

É uma realidade cruel. Comum também para a maioria dos atletas que disputam a Divisão de Acesso do Gauchão, por exemplo.

Cauê Borges não fica
O ala Cauê Borges, grande nome do Caxias Basquete no NBB 10, está muito próximo de acertar com uma nova equipe. Por mais que o jogador tenha demonstrado interesse em permanecer, o grande investimento do Botafogo parece ter atraído o atleta. A expectativa no Rio é de que o anúncio ocorra em breve.

No Fogão, Cauê será comandado por Léo Figueiró, ex-auxiliar do Caxias Basquete. O ala/pivô caxiense Arthur Bernardi é outro que pode ser confirmado como reforço pelos cariocas.

4 anos de ACBF
O técnico Marquinhos Xavier completou ontem quatro anos no comando da ACBF. No período, ele levou a equipe para 14 finais e conquistou 10 títulos. Entre eles, a LNF e duas Libertadores. São 274 jogos com 180 vitórias, 46 empates e 48 derrotas. 

Leia Também
Menina some nas redondezas de escola em Caxias do Sul
Caminhoneiros protestam em 24 pontos das rodovias da Serra nesta segunda



 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros