Intervalo: As ausências e as escolhas dos técnicos das principais seleções do mundo  - Esportes - Pioneiro

Versão mobile

 

Opinião22/05/2018 | 08h00Atualizada em 22/05/2018 | 08h00

Intervalo: As ausências e as escolhas dos técnicos das principais seleções do mundo 

Aos poucos, estão sendo definidos os 23 escolhidos por cada treinador

Intervalo: As ausências e as escolhas dos técnicos das principais seleções do mundo  Eitan ABRAMOVICH/AFP
Sampaoli preteriu o jovem atacante Lautaro Martínez Foto: Eitan ABRAMOVICH / AFP

Ausências
Se a lista de Tite deixou poucas dúvidas no ar, o mesmo não se pode falar das relações de outras seleções que prometem brigar pela taça. 

Leia Mais
Yuri Mamute, com lesão na coxa direita, desfalca o Juventude por 21 dias
Caxias se consolida entre os quatro melhores clubes do torneio

Ontem, a Bélgica anunciou sua nominata sem o volante Nainggolan, um dos grandes destaques da Roma, semifinalista da Liga dos Campeões. A Argentina não terá o jovem atacante Lautaro Martínez, do Racing, sensação sul-americana do momento. Já o técnico da Espanha optou por deixar de fora o centroavante Morata, o lateral Marcos Alonso e o volante Fábregas, do Chelsea. 

A França não terá Lacazzete, Martial e Payet. A Alemanha vai em busca de mais um título sem Götze, que marcou o gol do tetracampeonato, em 2014. 

São escolhas táticas, por questões de características do grupo ou apenas afinidade. Se foram corretas ou não, só após o Mundial para sabermos.

Observações
Com a classificação garantida, o Caxias poderá se dar ao luxo de testar algumas opções na última rodada. Chegar ao mata-mata com o grupo fortalecido será fundamental para os desafios que virão pela frente.

Destaques do NBB
A LNB começou a divulgar nesta segunda-feira os finalistas para as premiações individuais do campeonato. Nesta segunda-feira, foram anunciados os três melhores armadores da competição: Elinho (Paulistano), Gegê (Minas) e Larry Taylor (Mogi). 

Nos próximos dias, serão apresentados os concorrentes aos outros prêmios: melhor defensor, sexto homem, jogador que mais evoluiu, melhor atleta estrangeiro, melhor técnico (Troféu Ary Vidal) e MVP (Jogador Mais Valioso).

A eleição contou com a participação de técnicos, assistentes e capitães das 15 equipes que disputaram a décima edição do NBB, além de imprensa especializada, personalidades do basquete, comissários e árbitros. Os vencedores serão conhecidos na Festa dos Melhores do Ano, no dia 13 de junho, em São Paulo.

Mudança no ataque
Sem Yuri Mamute, a tendência é que Julinho Camargo volte a utilizar Queiróz entre os titulares do Juventude. É hora do artilheiro voltar. Com a 9 ou como um meia-atacante.

Leia Também
Gasolina em Caxias do Sul sobe R$ 0,30 em 40 dias


 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros