Em busca da segunda vitória, Juventude enfrenta o Criciúma   - Esportes - Pioneiro

Versão mobile

 

Série B15/05/2018 | 08h00Atualizada em 15/05/2018 | 08h00

Em busca da segunda vitória, Juventude enfrenta o Criciúma  

Duelo ocorre na noite desta terça-feira em Santa Catarina 

Em busca da segunda vitória, Juventude enfrenta o Criciúma   Lucas Amorelli/Agencia RBS
Foto: Lucas Amorelli / Agencia RBS

A situação está longe de ser confortável. Tão pouco é desesperadora como a do rival desta noite. Ao menos esse é o sentimento de jogadores e comissão técnica do Juventude para o duelo contra o Criciúma hoje, às 21h30min, no Heriberto Hülse. Pela 6ª rodada da Série B, o Ju busca sua segunda vitória na competição. Já o Tigre ainda não somou pontos na competição.

O péssimo momento vivido pelo rival, que trocou de técnico após cinco derrotas em cinco jogos, é levado em conta pelos jogadores do alviverde, mas em tom de alerta.

— É um time que não venceu, que trocou de treinador e a motivação dos atletas vem ao natural. Temos de estar ligados e ter cuidado. Eles virão para cima. Temos de nos portar muito bem taticamente e ser inteligente para ter um bom resultado. Vamos fazer de tudo para trazer a vitória ou um ponto, que também é importante — resumiu o capitão Pará.

O zagueiro Rafael Bonfim, no entanto, pondera sobre a fase do Juventude. Para ele, apesar de o time ter vencido uma, empatado duas e perdido outras duas, a distância para os primeiros colocados não assusta:

— Estamos perto da zona, mas também perto do pessoal de cima. O campeonato está bem parelho. Será um jogo importantíssimo, contra uma equipe que não pontuou e vai procurar fazer o jogo da vida para sair da zona de rebaixamento.

O Juventude viajou ainda no domingo para Criciúma sem time definido. As principais dúvidas são sobre a sequência de César Martins como lateral-direito e Caio Rangel, que se recupera de lesão. Os meias Tony e Leandro Lima podem aparecer na equipe.

— Já tenho uma pouco da ideia do que eu vou fazer. Não quero externar para não passar o que penso para o adversário. Na primeira etapa (contra o Paysandu), tentamos dois pontas, fomentamos o jogo, mas não se traduziu em chances de gol. Com o Leandro e o Tony, ganhamos mais volume e tivemos mais situações ofensivas. São coisas que tenho de levar em conta e pensar para o jogo—  despistou Julinho Camargo.

 Leia também:
Zagueiro Thiago Sales deve desfalcar o Caxias por cerca de um mês
Veranense Cássio está entre os convocados de Tite para a Copa do Mundo 
Confira os 23 jogadores convocados por Tite para a Copa do Mundo   

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros