Registrado na história: Caxias Basquete se despede da temporada 2017/2018 - Esportes - Pioneiro

Versão mobile

 

Orgulho26/04/2018 | 08h00Atualizada em 26/04/2018 | 08h00

Registrado na história: Caxias Basquete se despede da temporada 2017/2018

Equipe que fez melhor campanha caxiense no NBB se despediu do Vascão

Registrado na história: Caxias Basquete se despede da temporada 2017/2018 Lucas Amorelli / Agência RBS/Agência RBS
Foto: Lucas Amorelli / Agência RBS / Agência RBS

Um time que fez história se despediu da sua casa. Nesta quinta-feira, o grupo de atletas do Caxias do Sul Basquete/Banrisul da temporada 2017/2018, que fez a melhor campanha do time no NBB, se reuniu pela última vez no Ginásio do Vascão. Entre aqueles que irão renovar e os que sairão, a certeza de que registraram seus nomes em uma comunidade que aprendeu a amar o basquete.

Antes da foto oficial da comissão técnica e dos jogadores que chegaram às quartas de final do NBB 10, o técnico Rodrigo Barbosa e alguns diretores do time se reuniram separadamente com os atletas. A intenção era saber as chances de permanecerem na equipe.

— A ideia deles é de ficar. Temos vontade disso também. Há um planejamento e vamos avaliar a questão financeira e analisar como iremos  montar essa parte. A partir daí, começaremos as conversas para a próxima temporada. Mas deixei bem claro para todos que, não é porque tivemos um bom desempenho esse ano que vamos fazer algo diferente do que foi feito anteriormente. A gente trabalha com os pés no chão — diz o técnico Rodrigo Barbosa.

Uma das mais aguardadas reuniões foi com o ala Cauê Borges. Apesar de não haver acerto, o treinador se mostrou confiante com as possibilidades de ter no time o MVP da temporada:

— Importante saber que o jogador tem intenção de ficar. Temos que melhorar nossa estrutura financeira para ter alguns desses atletas, porque sabemos que ganharam espaço no cenário nacional e que terão valorização.

Para Cauê Borges, o ano que viveu no Caxias Basquete é o motivador para seguir no clube:

— Foi um momento muito bom. Desde que subi para o adulto nunca tive essa função de assumir mais a responsabilidade e ter o jogo na mão. Eu pretendo ficar aqui ano que vem. Quero ficar. Ainda é muito cedo para falar, porque o campeonato acabou agora. Mas vou dar preferência para o Caxias.

NBB10

O assédio que deve acontecer aos jogadores chegou também na comissão. O coordenador técnico da equipe, Léo Figueiró, recebeu um convite para assumir o Botafogo, mas está analisando a proposta.

Grupo diferenciado

Um dos líderes do time na temporada, o armador Cauê Verzola diz que viveu um momento diferente com o grupo de jogadores do Caxias:

Foto: Lucas Amorelli / Agência RBS

— Uma temporada de muito mais coisas positivas. Eu disse depois do jogo contra o Mogi que seria um sentimento amargo no dia, mas depois lembraríamos com um sorriso no rosto e com muito orgulho do que fizemos. Foi o melhor grupo que já participei. Todo mundo que convive com a gente pode ver isso. Fica muita coisa bacana. Principalmente com o envolvimento da comunidade.

Antes da definição de quem permanecerá para o NBB 11, o time ainda tem mais um compromisso. A equipe foi convidada à participar de dois campeonatos e dois amistosos na China, na metade de maio. O Caxias enfrentará, além de alguns times chineses, as seleções do Egito e da Ucrânia. A equipe se reapresenta direto em São Paulo, dia 15 de maio, e fará o primeiro confronto no dia 19.

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros