Quem são os adversários do Juventude que vêm do norte e do nordeste - Esportes - Pioneiro
 

Série B10/04/2018 | 13h50Atualizada em 10/04/2018 | 14h04

Quem são os adversários do Juventude que vêm do norte e do nordeste

Nordestinos tentam manter a escrita e conquistar mais um acesso

O sempre tradicional Nordeste perdeu quatro dos cinco representantes que tinha na última edição da Série B. Enquanto o Ceará subiu para a elite, Náutico, Santa Cruz e ABC caíram para a Terceira Divisão. Só que, mesmo assim, não houve queda de representantes para a região, que nos últimos 11 anos sempre teve um clube no G-4.

Se três foram rebaixados, voltaram para a  Segunda Divisão o Fortaleza, o CSA e o Sampaio Corrêa. Os últimos dois terão uma missão complicada, que é manter-se na Série B. Sem altos investimentos e nomes conhecidos do futebol, os recém-chegados da Série C precisarão se superar para continuar no mesmo patamar.

Leia também
Os rivais do Juventude que vêm do Cerrado

Para o Nordeste também se voltam os holofotes. Afinal, o Fortaleza tem na sua casamata Rogério Ceni, um dos principais goleiros do futebol brasileiro na última década. Sem conseguir fazer um bom trabalho no São Paulo, no ano passado, o técnico retomou sua carreira no tricolor cearense e foi vice-campeão estadual no último domingo. Agora, terá um campeonato longo pela frente e seu trabalho será colocado à prova. 

O único nordestino que se manteve na Série B foi o CRB, que novamente deverá incomodar na parte de cima da tabela. Do Norte, o Paysandu foi uma das decepções da última temporada. Com elenco mais modesto, a equipe busca uma colocação melhor que a 11ª de 2017.

Logicamente, há muitos conhecidos dos Jaconeros. No Fortaleza, o lateral-direito Tinga, que foi titular em 21 partidas com a camisa alviverde na Série B do ano passado. No CRB, o meia Leílson, que fez 27 jogos e fez três gols na mesmo competição. 

O rival CSA conta com o lateral-direito Celsinho, com passagem pelo Jaconi em 2010 e 2011, e o atacante Taiberson, que pouco jogou no ano passado devido a lesões. No Paysandu, o meia Pedro Carmona, que se profissionalizou com a camisa alviverde. 

O único time sem caras familiares é o Sampaio Corrêa. Confira como chegam os clubes para a arrancada da competição.

Leílson, meia do CRB
Leilson do CRBFoto: Douglas Ramos / CRB / Divulgação

CRB
:: Presidente:
Marco Antônio Barbosa
:: Estádio: Rei Pelé, em Maceió (AL)
:: Capacidade: 18 mil
:: Estadual 2018: vice-campeão
:: Campanha em 2017: 15º colocado
:: Técnico: Mazola Júnior
:: Reforços: Tinga (volante), Diego Rosa (meia)
:: Time base: João Carlos; Ayrton, Anderson Conceição, Flávio Boaventura e Juliano; Feijão, Willians, Edson Ratinho, Leílson (Diego Rosa); Willians Santana e Neto Baiano.

CSA
:: Presidente: Rafael Tenório
:: Estádio: Rei Pelé, em Maceió (AL)
:: Capacidade: 18 mil
:: Estadual 2018: campeão
:: Campanha em 2017: campeão da Série C
:: Técnico: Marcelo Cabo
:: Reforços:  Velicka (volante), Muriel (lateral-direito)
:: Time base: Alexandre Cajuru; Celsinho, Leandro Souza, Xandão e Rafinha; Yuri, Boquita, Echeverría, Daniel Costa e Didira; Michel Douglas.

AL - COPA DO NORDESTE/CSA X CEARÁ - GERAL - Lance da partida entre CSA e Ceará, válida pela quinta rodada da Copa do Nordeste, no   Estádio Rei Pelé, em Maceió, nesta terça-feira, 20.   20/03/2018 - Foto: PEI FON/RAW IMAGE/ESTADÃO CONTEÚDO
Celsinho (ao fundo) do CSAFoto: Pei Fon / Raw Image

Fortaleza
:: Presidente: Marcelo Cunha da Paz
:: Estádio: Castelão, em Fortaleza (CE)
:: Capacidade: 67 mil
:: Estadual 2018: vice-campeão
:: Campanha em 2017: vice-campeão da Série C
:: Técnico: Rogério Ceni
:: Reforços: Dodô (meia-atacante), Wallace (meia)
:: Time base: Marcelo Boeck; Diego Jussani, Adalberto e Ligger; Tinga, Igor Henrique, Pablo, Felipe e Bruno Melo; Dodô e Gustavo Henrique. 

Sampaio Corrêa
:: Presidente: Sergio Frota
:: Estádio: Castelão, em São Luís (MA)
:: Capacidade: 40 mil
:: Estadual 2018: 5º colocado
:: Campanha em 2017: semifinalista da Série C (subiu)
:: Técnico: Francisco Diá
:: Reforços: João Paulo (volante), Danielzinho (meia), Alvinho (atacante)
:: Time base: Andrey; Bruno Moura, Maracás, Joécio e César Sampaio; William Oliveira, Silva, Fernando Sobral e Marlon; Uillian e Alyson.

Pedro Carmona do Paysandu
Pedro Carmona do PaysanduFoto: Fernando Torres / Paysandu / Divulgação

Paysandu
:: Presidente: Tony Couceiro
:: Estádio: Mangueirão, em Belém (PA)
:: Capacidade: 45 mil
:: Estadual 2018: vice-campeão
:: Campanha em 2017: 11º colocado
:: Técnico: Dado Cavalcanti
:: Reforços: Nenhum nome foi divulgado.
:: Time base: Marcos Milanezi; Matheus Silva, Perema, Edimar e Mateus Muller; Luís Cáceres, Danilo Pires, Moisés; Mike, Cassiano e Peu.

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros