Pós-goleada na estreia, Caxias mantém discurso cauteloso na reapresentação - Esportes - Pioneiro

Versão mobile

 

Série D25/04/2018 | 08h00Atualizada em 25/04/2018 | 08h00

Pós-goleada na estreia, Caxias mantém discurso cauteloso na reapresentação

Semana de treinos do grená deve contar com "reforços" que estavam no DM

Pós-goleada na estreia, Caxias mantém discurso cauteloso na reapresentação Porthus Junior/Agencia RBS
No próximo domingo, Caxias encara o Mirassol pela segunda rodada da Série D Foto: Porthus Junior / Agencia RBS
Pioneiro
Pioneiro

A goleada na estreia da Série D empolgou o torcedor grená, mas não mudou o discurso dos jogadores do Caxias. De volta aos treinos, os atletas fizeram questão de enaltecer os 3 a 0 sobre o Inter de Lages, mas elencaram dificuldades para a próxima partida, diante do Mirassol, no Centenário, no domingo.

– Acho que os gols não foram do acaso. Foram jogadas trabalhadas durante a semana. Foi importante porque o que treinamos executamos no jogo. O Winck pediu para seguirmos focados e com os pés no chão. A equipe mostrou, fez o que ele pediu e deu certo. Temos de manter isso para o próximo jogo – resumiu o meia-atacante Eder, que estreou com movimentação intensa e uma assistência com a camisa grená.

Nesta quarta-feira, o Caxias treina em dois turnos. Sem desfalques, o time de Luiz Carlos Winck pode ganhar opções para o fim de semana. O lateral-direito Cleiton e o volante Régis, que estavam lesionados, voltam a treinar com a equipe, assim como o zagueiro Josias Basso. 

O zagueiro Laercio está na fase de transição. Já o zagueiro Jean ainda não tem data para voltar aos treinamentos.

Leia também
Concessões da ERS-122 e da RS-453 não estão nos planos do governo do Estado para 2018
Prejuízos com queima de contêineres de lixo passam dos R$ 44 mil em Caxias do Sul 

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros