Intervalo: É preciso ter orgulho e valorizar o feito do Caxias do Sul Basquete - Esportes - Pioneiro
 

Opinião24/04/2018 | 07h30Atualizada em 24/04/2018 | 07h30

Intervalo: É preciso ter orgulho e valorizar o feito do Caxias do Sul Basquete

Time caxiense se despediu do NBB 10 após uma temporada histórica

Intervalo: É preciso ter orgulho e valorizar o feito do Caxias do Sul Basquete Divulgação/Divulgação
Foto: Divulgação / Divulgação

Obrigado, Caxias Basquete
Tem que respeitar. Não é qualquer time que se reorganiza, sai praticamente do zero e chega até o seu limite. Foi exatamente isso que o Caxias Basquete fez. Muitos até podem dizer que ainda seria possível um passo a mais, até pelo equilíbrio nos duelos contra o Mogi, mas o time caxiense foi gigante. Lutou até o fim e, diante do atual vice campeão da Liga das Américas, atuou de igual para igual.

Leia Mais
Caxias Basquete perde para o Mogi e é eliminado nas quartas de final do NBB 10
Na despedida, jogadores e comissão técnica do Caxias Basquete valorizam campanha e projetam evolução para o NBB 11

A derrota, logicamente, é dolorosa. Mas, de forma alguma, apaga tudo o que foi feito no NBB 10. Dentro e fora de quadra, o Caxias cresceu, apareceu e foi abraçado por uma comunidade. Aliás, eis aí o grande legado. Agora, temos uma cidade que vive o basquete.

Valorização
Não sei se é possível medir o tamanho da conquista. Vai muito além do Vascão lotado em praticamente todos os jogos. É a exposição da cidade, da marca Caxias Basquete para todo o Brasil. Os caxienses voltaram a ter orgulho de torcer por uma equipe. Que venha o NBB 11. 

E que o apoio das empresas seja maior para que o time possa ser ainda mais forte. 

Registro de Londres
O médico caxiense Lisandro Pavan, personagem da matéria na edição de sexta-feira, completou a Maratona de Londres, no domingo, e traz um relato da prova e das peculiaridades do percurso:

– Foi uma prova fantástica. Muita gente nas ruas, algumas fantasiadas, energia total. O momento máximo foi a largada, dada pela rainha (Elizabeth II). Fez muito calor, inesperado para a prova, e parei várias vezes para atender atletas desmaiados. Mas, para mim, tudo foi festa. Deixei de registrar um bom tempo, mas terminei em 3h42min, o que é ótimo para minha idade.

Leia Também
ACBF goleia o Colo Colo e avança para as quartas de final da Copa Libertadores

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros