Grupo do Caxias Basquete mostra otimismo após vitória e Mogi mantém preocupação com Shamell - Esportes - Pioneiro

Versão mobile

 

NBB 1022/04/2018 | 21h20Atualizada em 22/04/2018 | 21h20

Grupo do Caxias Basquete mostra otimismo após vitória e Mogi mantém preocupação com Shamell

Equipe caxiense realizou treinamento neste domingo, no Vascão

Grupo do Caxias Basquete mostra otimismo após vitória e Mogi mantém preocupação com Shamell Diogo Sallaberry/Agencia RBS
Foto: Diogo Sallaberry / Agencia RBS

Com a certeza de, mais uma vez, contar com o Vascão completamente lotado, o grupo caxiense mostrou estar até surpreso com a repercussão positiva após o triunfo.

NBB10

– Recebemos a notícia até um pouco assustados. A gente não imaginava a proporção que tinha tomado a nossa vitória em Mogi. Mas, também ficamos bem felizes. Teremos o apoio total da nossa torcida, este ginásio estará lotado e será um combustível a mais para buscar a vitória – destaca o ala Alex.

Para o jogador, grande destaque do jogo 3, o segredo para repetir o feito da última partida é a manutenção do trabalho defensivo:

– É manter o foco. Todos jogos são diferentes, eles têm muita qualidade, mas a série está mostrando que as defesas estão prevalecendo. Então, é manter a determinação e a comunicação, que é importantíssima. Assim, vamos poder repetir o que fizemos em Mogi.

Preocupação e ajustes

Do lado do Mogi, a derrota em casa serviu como um sinal de alerta. Logo após a partida, jogadores e comissão técnica fizeram questão de reconhecer a superioridade do Caxias na partida e a necessidade de encontrar saídas para ter um resultado diferente nesta segunda-feira, no Ginásio do Vascão.

– Isso é uma equipe e todo mundo vai ter que trabalhar, conversar e se ajustar, como o Caxias fez. É um processo natural de quem é vencedor – avaliou o técnico Guerrinha.

Para o confronto desta segunda-feira, a principal preocupação dos paulistas recai sobre a condição do ala Shamell, que deixou a quadra sentindo o tornozelo durante o quarto período da última partida. Além disso, o norte-americano reclama de uma fascite plantar. O Mogi segue sem poder contar com o pivô Caio Torres, lesionado. 

– O time de Caxias joga muito bem na defesa. Eles estão tendo os méritos deles e estão conseguindo tirar nossos pontos fortes. Temos que melhorar para o próximo jogo – analisou o armador mogiano Larry Taylor.

Leia também:
Acidente deixa três feridos na ERS-122 em Antônio Prado 
Passageiro morto em acidente em Caseiros era morador de Ibiraiaras
Duas das mortes das últimas horas em Caxias podem ter relação ao consumo e venda de drogas  

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros