Fotos: Libertadores com título da ACBF faz Carlos Barbosa respirar ainda mais o futsal - Esportes - Pioneiro
 

Futsal29/04/2018 | 19h30Atualizada em 29/04/2018 | 19h30

Fotos: Libertadores com título da ACBF faz Carlos Barbosa respirar ainda mais o futsal

Ao todo, foram sete dias de competição com 12 equipes em disputa

Fotos: Libertadores com título da ACBF faz Carlos Barbosa respirar ainda mais o futsal Lucas Amorelli/Agencia RBS
Com vitória sobre Joinville, ACBF conquistou a Libertadores pela quinta vez Foto: Lucas Amorelli / Agencia RBS

Carlos Barbosa respirou futsal por sete dias. Capital Nacional do Futsal, a cidade se transformou em Capital Sul-americana da modalidade com a disputa da Copa Libertadores. O ápice da festa foi no domingo, quando a ACBF faturou sua quinta conquista, ao bater o Joinville por 4 a 1.

Leia Mais:
ACBF conquista o pentacampeonato do torneio
ACBF aplica outra goleada e está na final do torneio continental
ACBF joga no sábado para buscar uma vaga na final do torneio
ACBF goleia, avança e encara o Cerro Porteño na semifinal de sábado

Ao todo, 12 equipes de 10 países diferentes participaram deste intercâmbio intensivo no Centro Municipal Sérgio Luiz Guerra. Das três brasileiras, duas foram as finalistas: a ACBF, dona da casa, e o Joinville, atual campeão da Taça Brasil e da Liga Nacional. O terceiro representante, o Magnus, de Sorocaba, terminou na terceira colocação. Também participaram Boca Juniors-ARG, Colo Colo-CHI, CRE-BOL, Cerro Porteño-PAR, Caracas-VEN,  Panta Walon-PER, Leones de Nariño-COL, Nacional-URU e SS Bocca-EQU.

Para o craque Falcão, melhor do mundo da modalidade por muitos anos, esta edição só engrandece a modalidade. O jogador, inclusive, anunciou que foi sua última Libertadores como jogador.

(A homenagem) Vai estar guardada com muito carinho. Acredito que tenho uma história no futsal. Pretendo continuar ajudando de alguma forma — resumiu.

O evento foi uma verdadeira festa para os moradores de Carlos Barbosa, como os amigos Luiz Sperondi, 60 anos e Alcides Grespan, 85.

— O churrasco vai ter de esperar. Sempre viemos em todos os jogos. Na Libertadores, o engraçado é ver os estrangeiros. Não entendemos nada do que eles falam — brincou Sperondi, ainda na Fan Fest, organizada do lado de fora do ginásio.

Quem não entendeu muito, mas estava presente foi a pequena Scarlet, de 1 ano e 11 meses. Ela estava acompanhando os pais Marcos D'Ávila e Janaina Bitencourt. O trio veio de Alvorada.

— Desde que me conheço por gente acompanho o futsal. Sou fã da ACBF. Não torço para Inter, nem Grêmio, sou torcedor de Carlos Barbosa. Escolhi porque me identifiquei com o time na época de Fininho, Choco. Nunca mais parei de torcer por eles — contou Marcos, que desde 2009 ganhou a companhia de Janaina para os jogos.

 O técnico da ACBF, Marquinhos Xavier, elencou o evento como o maior da história no futsal.

— Foi formidável. Fizemos a melhor Libertadores de todos os tempos. Carlos Barbosa soube receber as pessoas e isso foi fundamental — avaliou Marquinhos Xavier, técnico da ACBF e da seleção brasileira.

...

Leia também
Veja o que abre e o que fecha no feriadão do Dia do Trabalhador em Caxias do Sul
Jovem morre em acidente de trânsito na BR-116, em São Marcos
Caçamba no meio da calçada em Caxias atrapalha passagem de pedestres

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros