Destaques do Caxias Basquete, Cauê Borges e Pedro esperam jogo duro contra Mogi - Esportes - Pioneiro
 

NBB 1013/04/2018 | 08h00Atualizada em 13/04/2018 | 08h00

Destaques do Caxias Basquete, Cauê Borges e Pedro esperam jogo duro contra Mogi

Jogadores participaram da live do Facebook Esportes nesta quinta-feira

Destaques do Caxias Basquete, Cauê Borges e Pedro esperam jogo duro contra Mogi Porthus Junior / Agência RBS/Agência RBS
Foto: Porthus Junior / Agência RBS / Agência RBS

Está próxima a hora do início da série de playoff entre Caxias do Sul Basquete/Banrisul e Mogi. Com a força de uma cidade inteira e aproveitando a fase diferenciada de vários jogadores, a equipe de Rodrigo Barbosa parte para a batalha em busca de uma vaga nas semifinais do NBB 10. 

Dentre os atletas que vivem um momento especial na carreira estão os alas Pedro e Cauê Borges. Os dois estiveram na redação do Pioneiro na tarde desta quinta-feira, participando da live na página Pioneiro Esportes no Facebook. Eles falaram da expectativa da série contra os mogianos e da incrível temporada do time.

Focados no início da decisão, no sábado, às 14h, no Ginásio do Vascão, os atletas se mostram extremamente felizes pelo momento que o time vive. Como quase todos os jogadores moram no mesmo hotel, o bom ambiente do time ultrapassa o ginásio.

– Por isso que deu certo e está dando certo o entrosamento que criamos. Fizemos as três refeições juntos, vamos para a academia e os treinos todos juntos. Os horários de descanso é que são os momentos que cada um se isola no seu quarto – diz Pedro.

Dentro dessa ideia de parceria, o armador Cauê Verzola foi decisivo na vinda de Cauê Borges para Caxias do Sul:

– Somos da mesma cidade, ele já me conhecia um pouco mais. Foi uma das pessoas que me ajudou muito para jogar aqui esse ano. Ele já tinha jogado aqui e sempre falou bem, que a cidade era boa para morar, que o pessoal faz as coisas certas. Tem clubes no basquete que são meio desorganizados. Eu sabia que aqui era organizado e, querendo ou não, isso afeta dentro de quadra – diz Cauê Borges, candidato a melhor jogador da temporada regular do NBB, e que lembra a primeira vez que ouviu o grito de MVP das arquibancadas:

– Foi surpreendente para mim. Não era uma coisa que esperava. Me lembro bem, acho que foi contra o Vasco. Estávamos atrás do placar e conseguimos a virada nos últimos minutos e a galera começou a gritar. Fiquei feliz e contente. É o pessoal de fora vendo e reconhecendo que você está indo bem. É gratificante isso.

Pedro ganhou a titularidade durante a competiçãoFoto: Porthus Junior / Agência RBS

Aos 27 e 23 anos, Cauê Borges e Pedro, respectivamente, aproveitam a fase especial com a camisa do Caxias Basquete.

Favoritismo de Mogi

O Mogi, adversário desta série de quartas de final, é tratado com respeito pelos jogadores do Caxias Basquete. O duelo entre o quarto e o quinto da fase de classificação promete ser bastante equilibrado, como foram as duas partidas na temporada regular.

– Eles são um time experiente e têm bastante qualidade individual. Mas é uma série 100% aberta. Os dois times têm chances. O favoritismo é deles, pois terminaram na frente e tem o mando de quadra,  mas na hora ali são cinco contra cinco – afirma Pedro.

NBB10

Com a sequência de nove vitórias nos últimos 10 jogos, a confiança do Caxias Basquete aumentou muito. Para Cauê Borges, essa é uma condição indispensável neste momento de decisão:

– Temos que estar confiantes. Não podemos entrar no jogo com dúvida. Tem que estar sempre para cima. Vai ser um duelo muito disputado. Ganhamos de um aqui e perdemos de um lá. Mas nos dois jogos eles abriram 15 ou 20 pontos. Agora, não podemos deixar isso acontecer. Tem que tentar seguir parelho com eles para chegar no último quarto e dar a machadada final.

Apesar do equilíbrio entre as equipes, Borges vê o time caxiense em uma situação diferente dos primeiros confrontos:

Cauê Borges deve ser escolhido como MVP da temporada regularFoto: Porthus Junior / Agência RBS

- Naquela época não estávamos em uma fase boa. Hoje, nossa equipe está mais bem preparada. Isso vai ajudar bastante no jogo. O que não pode acontecer é se sentir confiante demais e deixar de fazer as coisas.

Uma vitória na arrancada dos playoffs contra o Mogi é considerada pelos jogadores importantíssima para que o Caxias Basquete tenha a força de seguir na busca por uma das vagas na semifinal.


 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros