Caxias faz amistoso equilibrado e vence o São José-PoA antes da estreia - Esportes - Pioneiro

Versão mobile

 

Preparação14/04/2018 | 12h14Atualizada em 14/04/2018 | 13h07

Caxias faz amistoso equilibrado e vence o São José-PoA antes da estreia

Equipe grená fez 2 a 1 com gols de Júnior Alves e Túlio Renan

Caxias faz amistoso equilibrado e vence o São José-PoA antes da estreia Porthus Junior/Agencia RBS
Júnior Alves (C) fez o primeiro gol da vitória grená Foto: Porthus Junior / Agencia RBS

Na última apresentação antes da estreia na Série D, o Caxias venceu o São José-PoA por 2 a 1, na manhã de sábado, no Estádio Centenário. Os gols da partida foram marcados pelo zagueiro Júnior Alves e Túlio Renan, no lado grená. Fábio, de pênalti, descontou para o Zequinha. No próximo domingo, o time do técnico Luiz Carlos Winck estreia na Quarta Divisão contra o Inter de Lages-SC.

O Caxias mostrou uma nova movimentação e mais envolvente no ataque. Com Nathan, Wesley e Diego Miranda girando por trás dos volantes, a equipe grená conseguiu melhorar suas ações ofensivas.

Aos quatro, Igor Bosel recebeu no lado direito, limpou a marcação e chutou de pé-esquerdo. Fábio espalmou para escanteio. Eder cobrou da esquerda, Jean escorou e Júnior Alves chutou no canto: 1 a 0.

O Zequinha, com três jogadores de velocidade no setor ofensivo incomodava com Kelvin pela esquerda, Matheusinho na direita e Márcio Jonatan centralizado. Aos 12, Kelvin tirou Bosel e bateu cruzado. A bola tocou a trave e saiu.

Mais envolvente, a equipe grená criou boas oportunidades. Aos 15, Nathan tirou Wagner da jogada e bateu para fora. No minuto seguinte, Wesley bateu cruzado e Fábio defendeu. Aos 24, novamente Nathan desviou cruzamento rasteiro para fora. A equipe de Winck foi melhor, mas num lance de contragolpe Júnior Alves derrubou Márcio Jonatan na área. Pênalti. Fábio bateu forte no meio do gol e empatou: 1 a 1.

O Caxias sentiu o gol de empate e diminuiu o ritmo ofensivo. Tampouco o São José-PoA forçou e a partida foi para o intervalo no empate.

No retorno do intervalo, o Caxias mudou no gol e na lateral esquerda. Nem um minuto, Lúcio fez uma grande defesa em chute de Felipe Guedes. O time grená demorou para entrar no jogo e o Zequinha fez  Lúcio trabalhar aos sete. Felipe Guedes chutou da direita e o goleiro defendeu.

Aos 12, Canhoto foi lançado na área, passou por Lúcio, bateu e Júnior Alves salvou em cima da linha. Winck fez mais duas mudanças, Túlio Renan e Thiago Sales entraram nas vagas de Nathan e Jean. Ainda sem assumir controle do jogo, o treinador alterou praticamente todo o time, apenas Wesley e Igor Bosel ficaram em campo.

Aos 25, Thiago Sales quase fez o segundo. Ele desviou uma bola que veio de escanteio, mas para fora. Era o prenúncio. Quando o jogo equilibrou, o time grená marcou. Aos 27, Alex Willian recebeu na esquerda e cruzou. Túlio Renan se antecipou ao zagueiro e tocou no canto de Fábio: 2 a 1.

Num jogo mais pegado de marcação, as chances diminuíram. O Zequinha tentava até de forma desorganizada empatar, enquanto a ordem grená era manter a posse de bola. Fim de jogo: 2 a 1 para o Caxias.

A equipe grená teve em campo: Gledson (Lúcio); Igor Bosel, Júnior Alves (Geninho), Jean (Thiago Sales) e Julinho (Vavá); Marabá (Alex Willian), Gilson (Guto Dresch) e Diego Miranda (Mikael); Nathan (Túlio Renan), Wesley e Eder (Caio Cézar).

Leia mais
Alça ligando RS-122 à RS-453, em Caxias do Sul, está orçada em cerca de R$ 1 milhão

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros