ACBF recebe o Marreco no primeiro duelo em casa pela Liga Nacional de Futsal - Esportes - Pioneiro
 

Em Carlos Barbosa13/04/2018 | 11h00Atualizada em 13/04/2018 | 11h00

ACBF recebe o Marreco no primeiro duelo em casa pela Liga Nacional de Futsal

Time laranja somou quatro pontos nas três rodadas iniciais do campeonato

ACBF recebe o Marreco no primeiro duelo em casa pela Liga Nacional de Futsal Ulisses Castro/ACBF,Divulgação
Pesk (D) é uma das novidades da equipe laranja em 2018 Foto: Ulisses Castro / ACBF,Divulgação
Pioneiro
Pioneiro

Depois de três partidas seguidas como visitante, chegou a hora da ACBF reencontrar seu torcedor em um jogo oficial. Na noite desta sexta-feira, às 20h15min, o time laranja entra na quadra do Centro Municipal de Eventos para encarar o Marreco, pela quarta rodada da Liga Nacional de Futsal (LNF).

Leia Mais
Libertadores de Futsal tem ingressos à venda em quatro cidades da Serra Gaúcha
Em Santa Catarina, ACBF fica no empate em 1 a 1 com o Joinville pela Liga Nacional

Com quatro pontos e na nona colocação, a ACBF vai encarar um rival que está invicto na competição. Em dois jogos, os paranaenses têm 100% de aproveitamento.

A partida ainda será a oportunidade para muitos torcedores conhecerem alguns dos novos reforços. É o caso do pivô Pesk, que não esconde a ansiedade para o duelo:

– Fizemos um amistoso apenas em casa, com a equipe ainda em processo de construção. Depois, veio a Liga e atuamos três vezes longe de casa. Só de estarmos no nosso ambiente de trabalho diário e poder contar com o apoio do nosso torcedor faz com que a motivação e expectativa aumentem. Vamos nos impor do início ao fim, respeitando a equipe do Marreco que tem qualidade. Porém, pontuar em casa é fundamental, até para subirmos  na classificação — avalia Pesk.

Para o jogo contra os paranaenses, o técnico Marquinhos Xavier terá o retorno do ala Mithyuê, que esteve suspenso na última rodada, no empate em 1 a 1 com o Joinville. Em contrapartida, o capitão Valdin voltou a sentir um desconforto em virtude de uma fascite plantar e será preservado para a Libertadores da América, no final do mês.

Os ingressos para o jogo custam R$ 10. Sócios e jovens de até 15 anos não pagam. A Rádio Estação FM anuncia transmissão.

Leia Também
Rival com experiência e que prevê equilíbrio na série entre Mogi e Caxias Basquete


 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros