Para comemorar o centenário na elite: Esportivo quer ir longe na Divisão de Acesso - Esportes - Pioneiro

Versão mobile

 

Segundona01/03/2018 | 07h00Atualizada em 01/03/2018 | 20h44

Para comemorar o centenário na elite: Esportivo quer ir longe na Divisão de Acesso

Time do técnico Rodrigo Bandeira mescla experiência e juventude

Para comemorar o centenário na elite: Esportivo quer ir longe na Divisão de Acesso Felipe Nyland / Agência RBS/Agência RBS
Foto: Felipe Nyland / Agência RBS / Agência RBS

Um clube com muita história e que quer voltar à elite. O Esportivo entra na Divisão de Acesso na esperança do retorno à primeira divisão em seu quarto ano longe do Gauchão. Desde que caiu em 2014, o time de Bento não passou do quinto lugar, na temporada 2016. Ano passado, parou na fase de quartas de final, quando caiu para o Avenida. A estreia será contra o Ypiranga, domingo,  no Colosso da Lagoa. Nesta temporada o objetivo é bem claro: disputar a Série A estadual no ano em que o clube completa seu centenário.

Para alcançar o objetivo, a direção mesclou um grupo repleto de jogadores experientes com jovens que buscam seu espaço no futebol gaúcho. Além disso, trouxe um técnico acostumado com a competição e que conhece bem a Segundona.

Aos 44 anos, Rodrigo Bandeira assume o clube com a vivência de quem tem um acesso na bagagem. Além disso, em seu nono clube no Rio Grande do Sul, Bandeira se diz pronto para o desafio à frente de um clube com a tradição do Tivo:

— Estamos fazendo uma boa pré-temporada. Conseguimos montar um plantel de qualidade, misturando juventude e experiência. Temos atletas com algumas conquistas importantes de acesso, não só no Estado. É uma competição difícil e que mudou no ano passado. Mas queremos fazer o melhor trabalho possível para, primeiro chegar na fase de mata-mata e depois brigar pelo acesso. 

Para o treinador, não há muita diferença entre as equipes que irão disputar a Divisão de Acesso:

— Quando consegui subir com o União Frederiquense, ninguém nos colocava como favoritos. Temos que respeitar algumas equipes que correm por fora. Claro que há alguns clubes com história e estrutura. Esses  largam na frente, mas não é esse fator que vai te colocar numa situação melhor. E sim, o que é feito no dia a dia. A estrutura vai te dar as condições de fazer esse trabalho.

O Estádio da Montanha e dos Vinhedos, casa do Esportivo, recebeu algumas melhorias para a Divisão de Acesso. A academia foi ampliada, os bancos de reservas foram rebaixados e tiveram as cadeiras trocadas. Além disso, o acesso ao estádio foi pavimentado em boa parte, transformando mais tranquila a chegada do torcedor. Para Bandeira, o clube está preparado para voltar à elite:

— Desde que cheguei aqui se tem um objetivo que é o acesso. É um fator de motivação o Esportivo fazer 100 anos em 2019 e queremos deixar o nosso nome na história do clube. Mas primeiro vamos procurar fazer o melhor trabalho possível. Quando montamos o grupo de atletas buscamos entender o perfil da competição. Tem muita coisa que tem que ser levada em consideração para a disputa da Divisão de Acesso. É importante fazer bem feita a primeira fase para chegar com força na fase decisiva.

A experiência de Luiz Müller

Aos 36 anos, Luiz Müller vai para sua segunda temporada com a camisa 1 do Esportivo. Como um dos mais experientes do time, o goleiro se diz animado para buscar uma das vagas na elite:

Foto: Felipe Nyland / Agência RBS

— O que me motiva é trabalhar em um clube bom. Aqui temos uma estrutura boa e um grupo de qualidade, com bastante jogadores jovens e com potencial altíssimo. Nós, com mais experiência, temos que ajudá-los dentro e fora de campo. Temos essa questão de ser um pai para eles. Fico muito feliz e orgulhoso de conseguir passar isso para eles e ver que no dia a dia estão assimilando aquilo que passamos.

Além do goleiro, outros jogadores experientes estão no grupo alviazul, como o zagueiro Fernando Cardozo (38 anos). Com essa mescla, Luiz Müller acredita em uma campanha forte do Esportivo:

— Estamos focados. Com o objetivo muito claro que é o primeiro jogo. Não temos metas traçadas a longo prazo e sim pensamento jogo a jogo. Vamos passo a passo que assim conseguiremos colher frutos lá na frente.


Ficha técnica
Clube Esportivo Bento Gonçalves
:: Estádio: Montanha dos Vinhedos
:: Capacidade: 15 mil
:: Presidente: Anderson Zanella
:: Time base: Luiz Müller; Tiaguinho, Eduardo, Fernando Cardozo e Roger Bastos; Natan, Raymond, Renan Pedrada e Felipinho; Marcos Sarará e Gustavo.
:: Técnico: Rodrigo Bandeira
:: Última participação na elite: 2014
:: Reforços da Série A: Diego Torres (Avenida) e Eder (São Luiz)

Leia também
Defesa do prefeito de Caxias do Sul pede afastamento de relator da comissão do impeachment
Distribuidoras de combustível têm até quinta para se manifestar sobre redução da gasolina em Caxias

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros