Com show de Cafferata, Caxias Basquete vence Vasco e sobe uma posição no NBB - Esportes - Pioneiro

Versão mobile

 

Rumo aos playoffs06/03/2018 | 22h05Atualizada em 06/03/2018 | 22h11

Com show de Cafferata, Caxias Basquete vence Vasco e sobe uma posição no NBB

Argentino fez 21 pontos e teve 100% de aproveitamento nos arremessos na vitória por 87 a 70, no Rio

Com show de Cafferata, Caxias Basquete vence Vasco e sobe uma posição no NBB Thiago Moreira/Vasco,Divulgação
Foto: Thiago Moreira / Vasco,Divulgação
Pioneiro
Pioneiro

Mais uma vitória importante do Caxias do Sul Basquete/Banrisul dentro do Novo Basquete Brasil (NBB 10). Contra o Vasco, um dos times que pode ser rival na fase de playoffs, o time do técnico Rodrigo Barbosa venceu por 87 a 70, no Ginásio de São Januário, no Rio de Janeiro, na noite desta terça-feira(6). 

Com atuação destacada do armador argentino Enzo Cafferata — incluindo cinco cestas de três em cinco tentativas —  e aproveitamento de 100% da equipe na linha de lance livre, o time gaúcho venceu os quatro períodos contra os cariocas. O próximo desafio será contra o Botafogo, na quinta-feira (8), às 20h, no Ginásio Oscar Zelaya, também na capital fluminense. 

O Caxias iniciou o confronto mostrando suas credenciais. Com uma forte defesa e bom aproveitamento ofensivo, abriu 10 a 2 nos cinco primeiros minutos. Aos poucos, o experiente time carioca encontrou seu melhor ritmo e equilibrou o confronto. Mesmo assim, os visitantes conseguiram manter-se à frente do placar e, com uma cesta de Dida, fecharam a parcial com 18 a 17.

NBB10

Na largada do segundo período, dois acertos seguidos de três pontos do argentino Cafferata fizeram o Caxias abrir vantagem. Mais uma vez, o trabalho defensivo da equipe de Rodrigo Barbosa fez a diferença e, mesmo rodando os 11 jogadores aptos para o confronto –Marcão estava na lista mas não entrou em quadra –, o ritmo não caiu. Em poucos minutos, o time chegou a abrir 10 pontos, fazendo o técnico dos donos da casa, Christiano Pereira, pedir tempo. 

Na retomada, o Vasco até esboçou uma reação, mas que não se confirmou ao final da parcial. Mesmo preservando Paranhos, que cometeu duas faltas logo no início da partida, e revezando Nandão, Jonathan e Dida no garrafão, a equipe caxiense seguiu com boa atuação. Os 60% de aproveitamento nos arremessos de quadra fizeram com que o Caxias fosse para o intervalo com sete de frente: 42 a 35.

Na volta dos vestiários a batida seguiu a mesma. O Vasco tentando diminuir a vantagem do Caxias, enquanto o time gaúcho controlava a distância.

Com 100% nos arremessos dos lances livres, a equipe de Rodrigo Barbosa conseguiu administrar a frente. Assim, o Caxias Basquete fez 20 a 17 e ampliou a diferença para dez pontos: 62 a 52.

No último período, Enzo Caferatta tomou conta da partida. Com incrível aproveitamento de 100% de eficiência nas tentativas de arremesso, o argentino somou mais 15 pontos no quarto final — totalizando 21 na partida. Além disso, Paranhos, que atuou somente pouco mais metade do jogo, converteu seis pontos. Assim, o Caxias levou o período por 25 a 18, ampliou a diferença no jogo para 17 pontos, e conseguiu mais uma vitória no NBB 10: 87 a 70.

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros