Com erros no segundo tempo, Juventude perde por 2 a 0 para o Grêmio no Jaconi - Esportes - Pioneiro

Versão mobile

 

Gauchão 201804/03/2018 | 19h00Atualizada em 04/03/2018 | 19h00

Com erros no segundo tempo, Juventude perde por 2 a 0 para o Grêmio no Jaconi

Alviverde fez bom primeiro tempo, mas foi derrotado na estreia do técnico Julinho Camargo

Com erros no segundo tempo, Juventude perde por 2 a 0 para o Grêmio no Jaconi Marcelo Casagrande/Agencia RBS
Foto: Marcelo Casagrande / Agencia RBS

Tinha tudo para ser uma boa estreia de Julinho Camargo no comando do Juventude. Neste domingo, em casa, diante do Grêmio o alviverde controlou o tricolor durante 45 minutos com um forte sistema de marcação. Na segunda etapa, no entanto, um erro do goleiro Matheus Cavichioli começou a construir a vitória gremista. 

Resultado: 2 a 0 para o Grêmio, que ultrapassa o Ju na tabela de classificação. Jael e Madson fizeram os gols do jogo.

De um lado, na estreia de Julinho Camargo como treinador, o Juventude com três volantes e os 10 jogadores atrás da linha da bola. Ao todo, eram cinco alterações em relação à rodada anterior. Do outro, o Grêmio com um centroavante de ofício, mas sem conseguir trocar passes além da intermediária. A eficiente marcação do Ju fazia do jogo um duelo de poucas jogadas ofensivas.

Uma troca de passes entre cinco jogadores do Grêmio que terminou em escanteio e uma arrancada de Caprini entortando Kannemann e cruzando nas mãos de Grohe foi o que de melhor aconteceu até os 30 minutos no Jaconi.

Aos 32 minutos, troca de passes de Cícero e Cortez pela esquerda. O lateral invadiu a área e cruzou rasteiro, mas Fred salvou antes que Jael finalizasse.

Aos 40, a primeira chance desperdiçada. Em mais uma jogada na direita, Madson cruzou, Jael não dominou e a bola sobrou limpa quase na pequena área para Everton. O atacante, no entanto, pegou mal e chutou por cima. Aos 49, um lance parecido. Madson cruzou, mas Jael não conseguiu chegar na bola que atravessou toda a área.

Nem bem começou o segundo tempo e o Grêmio abriu o placar. E num erro de Matheus Cavichioli. O goleiro foi driblar Jael e perdeu para o centroavante gremista que abriu o placar, com 58 segundos de bola rolando na segunda etapa.

Aos 19 minutos, o goleiro se redimiu. Cortez invadiu a área pela esquerda e rolou para o meio. Jael escorou e Everton, livre, só não marcou porque Matheus defendeu.

Aos 25, foi pela direita que o Grêmio chegou. Em um lance de quase um minuto de troca de passes, Ramiro foi acionado pela direita e rolou para trás. O lateral Madson apareceu como centroavante para descolar Matheus e fazer o 2 a 0.

A goleada só não veio aos 28 porque Hernane cabeceou por cima cruzamento de Cícero, depois de erro de Vidal.

Aos 31 minutos do segundo tempo, o primeiro chute do Ju. Guilherme Queiróz chutou cruzado de fora da área e obrigou Marcelo Grohe a espalmar para escanteio.

Nem a entrada do centroavante Ricardo Jesus no lugar do lateral Vidal mudou o panorama da partida.

Juventude:
Matheus Cavichioli, Vidal (Ricardo Jesus), Micael, Fred e Mateus Santana; Amaral, Sananduva, Bruninho (Denner) e Fellipe Mateus; Caprini (Jô) e Guilherme Queiróz. Técnico: Julinho Camargo

Grêmio:
Marcelo Grohe, Madson, Geromel, Kannemann e Bruno Cortez; Jailson e Maicon (Michel); Ramiro, Cícero e Everton (Alisson); Jael (Hernane). Técnico: Renato Portaluppi

Gols: Jael, Madson (G). Árbitro: Anderson Daronco, auxiliado por Alduíno Mocelin e Maurício Silva Penna. Amarelos: Matheus Cavichioli, Ricardo Jesus (J); Jael (G). Local: Alfredo Jaconi. 

Leia Também
Ala Cauê Borges representará o Caxias Basquete no Desafio de Habilidades do Jogo das Estrelas
Celebração, saudade e gols marcam evento da Capital Nacional do Futsal, casa da ACBF

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros