Caxias perde por 1 a 0 para o Avenida e desperdiça oportunidade de voltar à liderança - Esportes - Pioneiro

Versão mobile

 

Gauchão 201803/03/2018 | 19h56Atualizada em 03/03/2018 | 19h56

Caxias perde por 1 a 0 para o Avenida e desperdiça oportunidade de voltar à liderança

Foi a primeira derrota do time grená na competição. Equipe segue no 3º lugar

Caxias perde por 1 a 0 para o Avenida e desperdiça oportunidade de voltar à liderança Felipe Nyland/Agencia RBS
Foto: Felipe Nyland / Agencia RBS

Com a derrota do Brasil-Pel na sexta-feira, o Caxias dependia apenas de si para retomar a liderança do Gauchão. Só que o primeiro revés da equipe grená na competição impediu o feito. Neste sábado à noite, em Santa Cruz do Sul, o time de Luiz Carlos Winck perdeu por 1 a 0 para o Avenida. O gol foi marcado por Roger, ainda na primeira etapa.

Na terceira colocação do Estadual com 16 pontos e garantido no mata-mata, o Caxias ainda terá dois confrontos na primeira fase. Na quarta-feira, às 20h, recebe o São Luiz, no Centenário, e, no domingo seguinte, dia 11, fecha a participação na etapa classificatória contra o Cruzeiro, em Gravataí. 

Logo no início da partida em Santa Cruz do Sul, Gilson chegou pela direita e cruzou para João Paulo finalizar sem força para a defesa de Fabiano. A resposta dos donos da casa foi imediata. O experiente Alexandre recebeu pela esquerda e finalizou cruzado, rente à trave de Gledson.

O Avenida continuou pressionando e só não abriu o placar porque Geninho salvou em cima da linha, aos 11 minutos, após desvio de Welder. No lance seguinte, o meio-campista do Periquito tentou de novo e parou em boa defesa de Gledson.

Aos poucos, o time de Luiz Carlos Winck conseguiu controlar melhor o adversário. E levou perigo no ataque. Aos 24, Túlio Renan fez grande jogada e cruzou para Cleiton, que chegou atrasado para completar para as redes. Aos 29, Julinho chegou bem pelo lado esquerdo e encontrou Diego Miranda na entrada da área. O meia finalizou com categoria, mas para fora. Na sequência, após cobrança de escanteio, Gilson cabeceou firme e obrigou Fabiano a fazer uma defesaça.

O que era uma chance clara grená virou gol dos donos da casa. No rebote do lance, Cleiton bobeou e Cleverson armou o contra-ataque rápido. Após boa triangulação, Welder serviu Roger que, aos 31, fez 1 a 0.

Mesmo que o Caxias tivesse maior posse de bola, era o Avenida, com a vantagem no placar, quem levava perigo nos contragolpes. Aos 38, Alexandre fez bela jogada individual e quase ampliou. Antes do intervalo, Rafael Gava recebeu de Túlio Renan e cruzou para a área. A bola fechou perigosamente e Fabiano precisou mandar para escanteio. 

Nos acréscimos, após erro de Geninho, Welder recebeu na área e finalizou forte para boa defesa de Gledson. No rebote, a defesa grená evitou o pior.

Na segunda etapa, com Nicolas na vaga de Diego Miranda, Winck tentou fortalecer o ataque grená. Aos nove, Rafael Gava cobrou falta e Fabiano fez boa defesa. O cenário da primeira etapa se manteve o mesmo. O Caxias tinha maior volume de jogo, mas com dificuldades de infiltrar na defesa dos donos da casa, que apostavam na velocidade dos contra-ataques.

Com as mudanças dos dois técnicos, ficou ainda mais clara a opção de cada time. O Avenida recuou de vez, enquanto a equipe de Winck aumentou a pressão. Em finalizações de longa distância, Cleiton e Régis não conseguiram levar perigo.

Aos 42, em uma das últimas oportunidades do Caxias, Cleiton cruzou na área e Gilson cabeceou, mas Luis Henrique salvou o time da casa. Nos acréscimos, na bola aérea, a equipe grená até tentou, mas sem sucesso.

A sequência de empates do time grená na competição acabou.  Infelizmente, da pior maneira. Agora são cinco jogos sem vitória da equipe de Winck no Gauchão.

Ficha técnica:

Avenida: Fabiano; Itaqui, Luis Henrique, Claudinho e Roger; Carlinhos, Welder, Fidélis e Alexandre (Diego Torres, 32/2º); Cleverson (Maurício, 12/2º) e Hyantony (Moisés, 19/2º). Técnico: Fabiano Daitx

Caxias: Gledson; Cleiton, Júnior Alves, Geninho e Julinho; Régis, Gilson, Rafael Gava (Alex Willian, 30/2º) e Diego Miranda (Nicolas, int.); Túlio Renan (Daniel Cruz, 33/2º) e João Paulo. Técnico: Luiz Carlos Winck

Gol: Roger (A), aos 31min, no primeiro tempo. Amarelos: Cleiton (C)

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros