Juventude vence com técnico interino e retorna para a zona de classificação - Esportes - Pioneiro

Versão mobile

 

Gauchão 201825/02/2018 | 19h15Atualizada em 26/02/2018 | 09h06

Juventude vence com técnico interino e retorna para a zona de classificação

Equipe alviverde, com comando de Márcio Angonese, fez 3 a 2 no Cruzeiro-PoA no Jaconi

Juventude vence com técnico interino e retorna para a zona de classificação Diogo Sallaberry / Agência RBS/Agência RBS
Foto: Diogo Sallaberry / Agência RBS / Agência RBS

Era um jogo cheio de candidatos a heróis. 

Poderia ser um dia de camisa 10. A primeira possibilidade poderia ser Wagner, que nos tempos de Caxias se denominava como o único W10 da cidade. Mas com a camisa 8 do Cruzeiro-PoA teve uma atuação completamente apagada. Poderia ser Willian Koslowski. O camisa 10 do estrelado fez os dois gols do time porto-alegrense na partida. 

Outro candidato foi Felipe Lima, o 10 alviverde fez o gol de empate, mas saiu machucado ainda no primeiro tempo. Mas foi com um golaço do zagueiro Fred, driblando três marcadores, que o Juventude conseguiu vencer por 3 a 2 o Cruzeiro-PoA, na tarde deste domingo, no Alfredo Jaconi. O resultado devolve o Ju à zona de classificação para a próxima fase do Gauchão.

O jogo mal havia começado e os visitantes já abriram o marcador. Logo aos sete minutos, o volante Amaral, do Ju, roubou a bola e tentou sair driblando. A marcação do Cruzeiro-PoA funcionou e Willian Koslowski, de muito longe, acertou no ângulo esquerdo de Matheus Cavichioli: 1 a 0 para o time da região metropolitana.

A resposta não demorou muito. Aos 12, Pará mandou a bola para o meio da área. Deivity cortou para fora da área. No rebote, Felipe Lima acertou uma paulada no canto direito do goleiro cruzeirista. O empate rápido do time de Márcio Angonese.

O Ju foi atrás da virada. Aos 15, após cruzamento de Vinícius, Felipe Lima quase fez o segundo. Mas a chance mais clara dos 45 minutos iniciais foi desperdiçada aos 33. Queiróz fez o desvio no meio do caminho e deixou Jô livre para marcar. O atacante alviverde demorou para finalizar e perdeu o tempo da jogada.

O que o time alviverde tentou durante toda a primeira etapa só aconteceu no início do segundo tempo. Aos cinco, Bruninho chutou de fora da área e a bola desviou na mão do zagueiro do Cruzeiro-PoA. O árbitro Marcio Coruja demorou, mas marcou pênalti. Na cobrança, Queiróz cobrou no canto direito do goleiro. Virada alviverde no Jaconi.

Quando o Ju dominava o placar e parecia que se encaminharia para uma tranquila vitória, veio o susto. Aos 20, cobrança de falta de Saldanha, Reinaldo jogou para o meio da área, e Willian Kozlowski mandou de peixinho para o fundo da rede: 2  a 2.

A virada desta vez quase veio pelo Cruzeiro. Cruzamento de Reinaldo pela direita e Kozlowski cabeceou para fora, aos 20.

Porém, um jovem da casa começou a tomar conta do jogo. Denner, que entrou no lugar de Felipe Lima, brigou pela bola e chutou cruzado, perto pelo gol de Deivity. Aos 38, novamente o meia foi para cima da marcação pelo lado esquerdo, a bola sobra para Fred, que driblou três marcadores e tocou na saída do goleiro do Cruzeiro. Um golaço do zagueiro para garantir a vitória alviverde e a volta para a zona de classificação.

Ficha técnica

Juventude: Matheus, Vinícius, Fred, Micael e Pará; Amaral, Bruninho, Felipe Lima (Denner, 27’/1°) e Jô(Caprini, 25’/2º) ; Queiróz e Ricardo Jesus (Guilherme Ozelame, 22’/2º) . Técnico: Márcio Angonese

Cruzeiro-PoA: Deivity, Lucas Carvalho, Fernando Pinto, João Guilherme e Jonathan; Dê, Reinaldo, Wagner (Foguinho, 32/2°) e Willian Kozlowski; Saldanha (Michel Renner, 42’/2º) e França (Kayron, 6’/2°). Técnico: Ben-Hur Pereira.

Leia Também
Semana deve iniciar com céu encoberto e chuva na Serra
Criminosos assaltam moradia no interior de Caxias do Sul e na fuga levam cerca de oito reféns
Moradores de Caxias encontram corpo de homem em beco do bairro Belo Horizonte 

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros