Juventude inicia semana de clássicos em busca da formação ideal para o time titular - Esportes - Pioneiro

Versão mobile

 

Gauchão 201811/02/2018 | 21h00Atualizada em 11/02/2018 | 21h00

Juventude inicia semana de clássicos em busca da formação ideal para o time titular

Zago deve escalar nova dupla de zaga e ataque com Queiróz e Ricardo Jesus

Juventude inicia semana de clássicos em busca da formação ideal para o time titular Marcelo Casagrande/Agencia RBS
Fellipe Mateus comemora semana de treinamentos para ajustar a equipe e buscar evolução para a sequência do campeonato Foto: Marcelo Casagrande / Agencia RBS

Em um mês, o Juventude terá definido o seu futuro no Gauchão. Até o dia 11 de março, são seis confrontos pelo Estadual e, pelo menos, mais um na Copa do Brasil, diante do Avaí, na segunda fase do campeonato nacional. A sequência de jogos será decisiva para mostrar o caminho alviverde nas competições e, pode-se dizer, no primeiro semestre de 2018, que ainda tem a largada da Série B.

Se até aqui, em seis partidas, o time de Antônio Carlos Zago não conseguiu desempenhar o que o torcedor espera, o mesmo não poderá acontecer nos próximos dias caso o Ju tenha ambições maiores, especialmente no Gauchão. Com apenas cinco pontos em cinco jogos, a equipe precisa de uma resposta rápida, mesmo que os desafios sejam dois clássicos, o Juve-Nal e o Ca-Ju, ambos fora de casa.

– Futebol é bom por conta disso. Podemos dar a volta por cima e mostrar o valor da nossa equipe nesta semana. São jogos difíceis, mas muito bons de serem jogados. Sabemos a qualidade dos adversários, mas confiamos também na nossa qualidade. Temos a plena confiança de que podemos conquistar coisas boas ali na frente – avalia o meia Fellipe Mateus. 

Com o pensamento jogo a jogo, o trabalho da comissão técnica e dos atletas está totalmente voltado ao Inter. Por conta disso, Zago faz observações nos treinamentos e comemora a possibilidade de ter praticamente todo o grupo à disposição. 

Dos últimos reforços, quem deve fazer a estreia como titular é o zagueiro Fred. Ele formará a dupla defensiva com César Martins. Outro que tem condições legais de jogo é o meia Guilherme Ozelame, que inicialmente fica como opção no banco. Já o setor ofensivo também deve ganhar alternativa diferente. Pela primeira vez, Guilherme Queiróz, um dos artilheiros do Estadual, pode atuar ao lado de Ricardo Jesus. 

– Tive um probleminha, mas agora está tudo bem e fico à disposição do Zago. Estava atuando mais centralizado e com a chegada do Jesus nós ficamos com novas opções. Ele é uma referência no ataque e, se o técnico optar por mim, vou atuar na aproximação dele, como gosto de jogar, vindo de trás. Foi assim que me destaquei em 2015 – diz Queiróz.

Para o meia Fellipe Mateus, a nova formação ofensiva traz pontos positivos também para quem é responsável por criar as oportunidades de gol:

– Fica até melhor para a gente, porque temos mais opções. O Jesus fica mais fixo, o Queiróz movimenta mais. Acredito que só vai somar e a gente fica bem servido na equipe.

Além das atividades desta segunda-feira, o Ju ainda terá mais dois dias de treinos antes de encarar a equipe colorada. Tempo para novos testes em um grupo que ainda procura o melhor encaixe.


 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros