Jogadores do Juventude reclamam de desatenção nos minutos finais contra o Avenida - Esportes - Pioneiro
 

Gauchão 201806/02/2018 | 08h00Atualizada em 06/02/2018 | 08h00

Jogadores do Juventude reclamam de desatenção nos minutos finais contra o Avenida

Empate em 2 a 2, após sair vencendo por 2 a 0 em Santa Cruz do Sul, foi amargo 

Jogadores do Juventude reclamam de desatenção nos minutos finais contra o Avenida Arthur Dallegrave/Juventude/Divulgação
Ricardo Jesus (D) marcou duas vezes em sua estreia como titular pelo Juventude Foto: Arthur Dallegrave / Juventude/Divulgação
Pioneiro
Pioneiro

Após sofrer a igualdade nos minutos finais em Santa Cruz do Sul, na segunda-feira, a saída de campo foi de frustração para os jogadores do Juventude. O empate em 2 a 2 foi o primeiro ponto conquistado fora de casa do ano.

Um dos mais exaltados era o lateral-esquerdo e capitão Pará, que cobrou empenho dos companheiros na chegada ao vestiário.

Na saída de campo, o meia Fellipe Mateus lamentou o erro que ocasionou o empate:

– Em um lance bobo, deixamos o cara virar e acertar um bom chute. Agora, temos 10 dias para acertar os erros antes do jogo contra o Inter.

Para o lateral-direito Vidal, o time precisa estar mais atento e não repetir o vacilo da noite de ontem.

– Primeiro, precisamos manter o nível de concentração do primeiro tempo. Não conseguimos isso durante a reta final do jogo e acabamos sofrendo o empate – alertou o jogador.

Ricardo Jesus destacou a indignação do grupo no vestiário:

– Estamos nos cobrando bastante porque precisávamos da vitória, estávamos com ela nas mãos, mas cedemos o empate. A conversa no intervalo foi em tom de cobrança.

Leia também:
Ciclista morre atropelado na BR-285, em Vacaria
Homem morre atropelado na BR-116, em Caxias do Sul
Policial civil aposentado morre após acidente de trânsito em Farroupilha 


 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros