Caxias Basquete aposta no foco para vencer o Bauru fora de casa nesta sexta-feira - Esportes - Pioneiro
 

NBB 1002/02/2018 | 09h00Atualizada em 02/02/2018 | 09h00

Caxias Basquete aposta no foco para vencer o Bauru fora de casa nesta sexta-feira

Para pivô Nandão, determinação do grupo pode ser o diferencial para nova vitória contra o atual campeão

Caxias Basquete aposta no foco para vencer o Bauru fora de casa nesta sexta-feira AABJ / Joinville, Divulgação/Joinville, Divulgação
Contra o Joinville, em Santa Catarina, Nandão (C) foi um dos destaques na vitória do Caxias Basquete, com oito pontos, quatro rebotes e dois tocos Foto: AABJ / Joinville, Divulgação / Joinville, Divulgação

Os últimos jogos do Caxias do Sul Basquete/Banrisul são simbolizados pelos números crescentes de Nandão. O pivô bateu seus recordes pessoais nas duas últimas partidas e é uma das forças na marcação da equipe para a noite desta sexta-feira. Às 20h, o Caxias Basquete encara o Bauru, na casa do adversário.

NBB10

Reserva, mas se considerando um carregador de piano. Nandão comemora o fato de pela primeira vez ter iniciado uma temporada por uma equipe no NBB e, no último jogo, contra Franca, ter dobrado o tempo de atuação em quadra.

A média de tempo jogado do pivô é de 10 minutos. No jogo da terça-feira, foram 20 minutos, com direito a nove rebotes, sua melhor marca na carreira na elite do basquete nacional.

– É a primeira temporada desse nível que eu integro uma equipe desde o início, e estou tendo a oportunidade de colaborar dentro de quadra – comenta, ao citar suas outras duas participações no NBB.

No NBB 5, Nandão defendeu o Bauru, exatamente o rival desta noite. Mesmo que o adversário venha embalado, a vitória dos caxienses na estreia do NBB 10 serve de alento para um novo triunfo.

– Dá para ganhar. Provamos isso no nosso primeiro jogo em casa. A situação agora é diferente. O time deles amadureceu e ganhou consistência, mas o nosso também. O foco no nosso objetivo pode ser o diferencial para que consigamos essa vitória, que vai nos ajudar a crescer na tabela – argumenta.

Na vitória sobre o Joinville, na rodada anterior, Nandão fez oito pontos, sua melhor pontuação na carreira do NBB em um único jogo. Naquela partida, nove atletas pontuaram para o time caxiense. Nandão só fez menos que Alex, Marcão e Warren.

– A força do grupo está sendo o diferencial. Desde o início sabíamos que a única maneira de irmos bem era nos unindo. E essa união está sendo importante tanto dentro, quanto fora de quadra – acrescenta o 49.

Rival busca o G4

O Bauru vem embalado, afinal venceu o Joinville na última rodada por uma diferença de 47 pontos (88 a 41). Além disso, o time do técnico Demétrius Ferracciú só perdeu uma vez em casa, para o líder Flamengo, bem longe do tradicional Panela de Pressão.

Por punição ainda das finais do NBB 9, o Bauru mandou seus quatro primeiros jogos em São Paulo, Lençóis Paulista e São Carlos, duas vezes. Foi em São Carlos, que o atual campeão perdeu para o Flamengo por 97 a 71.

O Bauru vai para a sua quarta partida literalmente em casa, no Panela de Pressão. Em janeiro, venceu Vitória e Basquete Cearense e, na última quarta-feira, o Joinville.

Além do experiente Alex Garcia, o Bauru tem como destaque Rafael Hettsheimeir, o cestinha da equipe, com média de 14,24 pontos por jogo. 

Ambos, inclusive, foram convocados pelo croata Petrovic para defender a seleção brasileira nos dias 22 e 25 de fevereiro, contra Colômbia e Chile, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de Basquete de 2019.

Leia também:
Vaias ao prefeito de Caxias mostram que embates com governo estão longe de acabar
Falta de educação e fiscalização frágil facilitam a proliferação de lixões clandestinos em Caxias do Sul
Prefeitura de Bento abre terceira licitação para venda de terrenos 

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros