Caxias aposta em detalhes para voltar a vencer no Campeonato Gaúcho - Esportes - Pioneiro

Versão mobile

 

Gauchão 201822/02/2018 | 08h00Atualizada em 22/02/2018 | 08h00

Caxias aposta em detalhes para voltar a vencer no Campeonato Gaúcho

Grená encara o Brasil-Pel na próxima sexta-feira, no Estádio Centenário

Caxias aposta em detalhes para voltar a vencer no Campeonato Gaúcho Marcelo Casagrande/Agencia RBS
Para zagueiro Júnior Alves (D), time grená segue produzindo bem ofensivamente, mas pecando nos detalhes das finalizações Foto: Marcelo Casagrande / Agencia RBS
Pioneiro
Pioneiro

Nos detalhes estão as apostas do Caxias para volta a vencer no Gauchão. Há três jogos sem vencer no Estadual, mas ainda invicto, o grená recebe nesta sexta-feira o Brasil-Pel, às 21h30min. Se vencer, passa o próprio Xavante, o Inter e reassume a liderança.

No treino de quarta-feira, no Centenário, cerca de uma hora de conversa e vídeos antecederam às atividades com bola. Tudo para corrigir as poucas coisas que não vêm dando certo no grená.

– Não preocupa (não vencer). As equipes estudam o nosso time e sabem que começamos muito bem a competição. A dificuldade aumenta. Estamos produzindo bastante, criando muitas oportunidades, mas não estamos conseguindo transformar em gols. Acho que isso é questão de detalhes para voltar a acontecer – avaliou o zagueiro Júnior Alves, titular em todos os jogos do Caxias na competição, com exceção à partida contra o São Paulo, quando Winck mandou time misto a campo.

As baixas do treinamento foram o lateral-esquerdo Julinho, o zagueiro Laércio e o atacante Nicolas. Laércio, com o joelho inchado, e Nicolas, com desgaste muscular, foram apenas preservados e devem ser confirmados para a partida diante do Brasil. O caso mais preocupante é o de Julinho. O lateral deixou o gramado mais cedo no Ca-Ju com lesão na coxa direita. Os exames apontaram contratura muscular, o que o afasta da próxima rodada.

Depois do duelo de sexta-feira, o Caxias só volta a jogar no dia 4, contra o Avenida, em Santa Cruz do Sul.

Eles se colocam à disposição

O técnico Luiz Carlos Winck não costuma fazer grandes mudanças no time. Sobretudo se não houver problemas clínicos no grená . Do meio para a frente, no entanto, Túlio Renan e Alex Willian se colocam à disposição caso o treinador opte por fazer alterações.

– Contra o Veranópolis, eu vinha de lesão. Fiquei sete dias parado. O Daniel Cruz vem fazendo bons jogos e quem o Winck escolher vai fazer o melhor pelo Caxias. Contra o Brasil, um jogo de seis pontos, temos de estar concentrados porque vai ser decidido nos detalhes – pondera Tulio Renan.

O velocista vinha sendo titular até às vésperas da partida diante do VEC e pode voltar à equipe amanhã. Além dele, o meia Alex Willian é outro que pode ganhar espaço se o objetivo for por buscar alternativas diferentes no ataque grená. Na visão do meia, que curiosamente marcou o gol da última vitória em casa – contra o Inter –, o time está bem servido de opções na competição.

– Isso mostra nosso forte trabalho desde o começo da competição. Tanto quem começa jogando, quanto quem entra está mantendo um bom nível. Espero que a gente possa manter isso – comenta o meia.

Leia também:
Candidata desiste de participar do concurso de soberanas da Festa da Uva
Calendário de oitivas do processo de impeachment do prefeito de Caxias deve ser divulgado até sexta
Praça do Trem, em Caxias, fica sem iluminação após furto de cabos de energia

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros