Três talentos do Bella Futsal estão indo para o Minas - Esportes - Pioneiro

Versão mobile

 

Futsal26/01/2018 | 08h23Atualizada em 26/01/2018 | 08h23

Três talentos do Bella Futsal estão indo para o Minas

Fixo Douglas, o ala Eduardo e o goleiro Artur chamaram atenção no Estadual sub-17

Três talentos do Bella Futsal estão indo para o Minas Roni Rigon/Agencia RBS
Eduardo (E), Artur (C) e Douglas embarcam no domingo para Belo Horizonte Foto: Roni Rigon / Agencia RBS

— É a chance de ouro.

A frase do fixo Douglas Schmitz, de 17 anos, resume bem como será o seu 2018. Não só dele, mas dos amigos: o ala Eduardo dos Santos, 16, e o goleiro Artur Weber Meneguzzi, 16. 

Os três foram destaques da equipe do Bella Futsal no Estadual Sub-17, onde chegaram à semifinal no ano passado, e estão se transferindo para o Minas Tênis Clube, referência em esportes do país, onde se apresentarão na segunda-feira.

— Vai ser uma experiência que nos aproximará do que é se tornar um profissional. Um momento para decidirmos se queremos chegar lá — opina Meneguzzi.

Leia mais
Carlos Barbosa será sede da Copa Libertadores 2018 de Futsal

A campanha no Estadual foi surpreendente. O time chegou entre os quatro melhores do Rio Grande do Sul, sendo que Douglas foi artilheiro com 22 gols em 14 jogos, e Eduardo eleito o melhor ala da competição. Como destaca o coordenador do time, Adilson Moskal, o ano começou com um grupo de guris e terminou com eles no patamar de atletas. Foi por intermédio de Moskal que o Minas monitorou os três meninos desde o mês de agosto, até acertar a ida para Belo Horizonte em dezembro. 

O primeiro a despertar o interesse foi Douglas, mas como os vídeos que eram enviados para o clube mineiro também possuíam imagens dos demais, logo Eduardo e Artur entraram na mira. 

— A ideia do projeto (Bella Futsal) é formação. Se vem uma equipe de melhor estrutura, que vá fornecer uma possibilidades de crescimento e almejar o futsal como profissão, vamos liberá-los. O Minas vai ofertar tudo para eles e ainda terão a equipe adulta, que possibilitará darem um passo a mais — respalda Moskal.

No domingo, os três meninos viajarão para a sua nova cidade. Irão ganhar alojamento, vagas numa escola próxima, acompanhamento médico, psicológico, físico e toda estrutura que o clube pode oferecer. E eles garantem que a distância de casa não será problema.

— Para os meus pais foi uma alegria porque poucos terão essa oportunidade. Eles falaram “vai que é tua” — conta Eduardo.

Mas o novo estágio também requer responsabilidades maiores. No Minas existem objetivos traçados: chegar à final da Taça Brasil, torneio nacional que reúne os campeões estaduais, ser campeão mineiro e da Taça Metropolitana de Belo Horizonte. Para os companheiros e os demais atletas do clube, fica o exemplo.

— Chegamos nas semifinais (do Estadual) porque nos dedicamos e treinamos muito. É um exemplo para quem está aqui. Se forem bem neste ano, poderão ser eles a irem para outros clubes — acredita Douglas.

Leia também
Neblina e temperatura baixa transformam verão em inverno na Serra

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros