Sem tempo para lamentar derrota, Juventude joga em casa contra o Novo Hamburgo - Esportes - Pioneiro

Versão mobile

 

Gauchão 201827/01/2018 | 15h00Atualizada em 27/01/2018 | 15h00

Sem tempo para lamentar derrota, Juventude joga em casa contra o Novo Hamburgo

Apesar da má fase rival, goleiro Matheus pede atenção redobrada no domingo

Sem tempo para lamentar derrota, Juventude joga em casa contra o Novo Hamburgo Porthus Junior/Agencia RBS
Melhor do Gauchão 2017, goleiro Matheus Cavichioli vai enfrentar pela primeira vez o ex-clube Foto: Porthus Junior / Agencia RBS

Uma opção “importada” é o que ganhou o Juventude para domingo. No Alfredo Jaconi, às 18h, o alviverde recebe o Novo Hamburgo na busca pela sua segunda vitória na competição.

Leia Mais:
Apresentado no Juventude e liberado no BID, César Martins deve estrear no domingo
Antônio Carlos Zago fala em Juventude estático e sem lucidez no ataque em Ijuí 
Com pouca inspiração, Juventude perde para o São Luiz, em Ijuí
Disposto a "limpar nome", zagueiro Fred é apresentado no Juventude
Gols dos 'novatos' marcam começo do Juventude no Estadual
 

Mais do que vencer e se aproximar dos líderes, o Ju espera apagar a má atuação do último jogo, quando perdeu para o São Luiz por 1 a 0, na quinta-feira.

– Nos poucos dias que a gente tem de treino, temos de conciliar a preparação física com entrosamento. Se dá tempo ou não, isso aí não interessa – resume o goleiro Matheus Cavichioli.

O técnico Antônio Carlos Zago deve confirmar apenas no sábado o time que entra em campo contra o Noia, mas ganhou um reforço de peso.

Aos 25 anos, o zagueiro César Martins foi apresentado nesta sexta-feira. Como já treinava com o grupo de jogadores, dependia apenas da liberação da CBF para atuar, o que ocorreu no dia de sua apresentação oficial.

– Gosto de jogar pelo lado direito, mas se o treinador me colocar pela esquerda ou pelo meio posso jogar também. Gosto muito de jogar com a bola no pé, carregar a bola. Posso dizer que vou bem de cabeça, sou bem rápido e tenho técnica – se autodescreve.

Para a estreia, César Martins não aponta soluções para mudanças de postura do time, apenas pede que a equipe cumpra o que determinar Zago.

– Não é fazer diferente, mas sim o que o treinador pedir para a gente. Fazer o mais simples possível para conseguir mais uma vitória dentro de casa – projeta o zagueiro.

Matheus pede atenção contra o ex-clube

Campeão gaúcho pelo Noia no ano passado, o goleiro Matheus Cavichioli não se deixa levar pela fraca campanha do anilado em 2018. Conhecedor do trabalho do técnico Beto Campos, Matheus pede atenção redobrada para o confronto de domingo.

– Eles vêm de uma sequência ruim, mas às vezes eles podem se atirar para o jogo e dar certo, por isso precisamos muita atenção e aproveitar que estamos em casa para impor nosso ritmo. Aqui dentro, nós que temos de falar mais alto – avalia, ao citar que o carinho pelo ex-clube vai apenas até a bola rolar no Alfredo Jaconi.

Com uma das três piores campanhas de sua história o Gauchão, três derrotas seguidas, o Novo Hamburgo aposta todas as suas fichas de recuperação no jogo de domingo. A direção do anilado trata o duelo contra o Ju como um divisor de águas não só no Gauchão, mas nas pretensões do time para o decorrer da temporada, que ainda tem Copa do Brasil e Série D no calendário de 2018.

Contra o Ju, o Noia não terá o volante David, expulso na última quarta-feira, na derrota de 2 a 1 para o São José, em Porto Alegre. Tiago Ott deve ser o seu substituto.

juventude x novo hamburgo
Foto: Arte Charles Segat / Pioneiro

Leia também
Prefeito sanciona reajuste da tarifa do transporte coletivo de Caxias para R$ 3,85
Caxias já aplicou mais de duas mil doses da vacina contra a febre amarela em janeiro 

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros