Para esquecer mau começo no Estadual, Juventude foca na estreia na Copa do Brasil - Esportes - Pioneiro

Versão mobile

 

Vira a chave29/01/2018 | 19h00Atualizada em 29/01/2018 | 19h00

Para esquecer mau começo no Estadual, Juventude foca na estreia na Copa do Brasil

Alviverde viajou na segunda-feira para Tocantins, onde encara o Interporto

Para esquecer mau começo no Estadual, Juventude foca na estreia na Copa do Brasil Felipe Nyland/Agencia RBS
Meia Leandro Lima (D) Foto: Felipe Nyland / Agencia RBS

Uma novo desafio para um novo começo em 2018. O Juventude partiu na segunda-feira de Caxias do Sul rumo ao Tocantins para esquecer a oscilação do início do Gauchão e tentar se reencontrar na Copa do Brasil. Os quase 2,5 mil Km entre o Estádio Alfredo Jaconi e a cidade de Porto Nacional - onde o Ju enfrenta o Interporto, quarta-feira, às 21h30min - são mais do que suficientes para que o time mude o espírito de um campeonato para outro.

Para o meia Leandro Lima é possível aproveitar a mudança de competição nacional para melhorar o ânimo da equipe:

- Sabemos da importância em visibilidade e questão financeira para o clube, além de dar mais confiança para nós jogadores. Copa do Brasil é um campeonato muito gostoso de jogar e que vamos buscar com tudo.

Segundo o meia, as quatro partidas do Juventude até agora no Gauchão estão seguindo uma ideia de formatação de equipe para o futuro.

- Campeonato Estadual é assim. Temos que ir tentando encaixar um modelo de equipe e condicionamento físico, tudo dentro da competição. Sabemos que as outras equipes começaram a treinar antes. Não é só aqui no Rio Grande do Sul. Em todos os lugares você vê equipes grandes com dificuldades. Cabe a nós acertar o mais rápido possível - avalia.

Na partida desta quarta-feira, a vantagem do empate é do Juventude, pelo melhor posicionamento no ranking da CBF. A vaga na segunda fase só não fica com o time de Antônio Carlos Zago caso seja derrotado. Mesmo com esse ponto a favor, Leandro Lima mantém a cautela sobre as dificuldades da partida:

- Tenho acompanhado nos últimos anos que na Copa do Brasil, independente da equipe que for jogar, é sempre difícil. Somos favoritos, mas não podemos dar sopa para o azar. Temos que ir para cima. Apesar de estar com o regulamento do nosso lado, temos que ir em busca de uma vitória - projeta.

Treino em Palmas definirá o time

A equipe alviverde realiza nesta terça-feira o último treinamento antes de enfrentar o Interporto. A movimentação será à tarde, em um campo ao lado do hotel que serve como concentração alviverde. Ontem, antes do deslocamento para a Região Norte do Brasil, apenas quem não atuou no empate com o Novo Hamburgo, no domingo, participou do trabalho, no gramado do Jaconi. O principal destaque segue com a expectativa de estreia do centroavante Ricardo Jesus. O jogador está com o time no Tocantins, mas ainda não teve o nome publicado no Boletim Informativo Diário (BID), da CBF. Caso seu nome apareça na lista, é provável que o jogador faça sua estreia no Estádio General Sampaio, em Porto Nacional.

 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros